ENTRAR NA PLATAFORMA
Desaparecimento de pessoas no Brasil

A luta, advinda do processo de procura por pessoas desaparecidas não é algo atual na sociedade brasileira, desde o término da Ditadura Militar os indivíduos que tiveram familiares envolvidos no processo estão à procura de restos mortais para um sepultamento digno, além disso, no Brasil, o número de desaparecidos cresce a cada ano, podendo este ser classificado como desparecimento involuntário, voluntário ou forçado.


De acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), no ano de 2017 cerca de 82.684 casos de desaparecimentos foram reportados à polícia civil. Um dos motivos para o aumento desse índice é a insatisfação advinda da realidade em que cada indivíduo está inserido na sociedade, encontrando como solução o desaparecimento para uma provável fuga dos seus problemas.


Além disso, é possível identificar que assim como a fuga da realidade, existem eventos como acidentes, desastres naturais, sequestros que dificultam o trabalho dos órgãos responsáveis pela procura de desaparecidos, pelo fato de que o Brasil não é totalmente estruturado para a demanda da quantidade de indivíduos ausentes, pois muitas pessoas somem e a quantidade de indivíduos que voltam aos seus lares ainda é desproporcional.


Para reverter tal situação é necessário que o governo faça maiores investimentos em tecnologias como a maior utilização da internet, rádios, redes de televisões e câmaras em pontos de maior movimento da população, para uma maior divulgação da notícia e identificação dos desaparecidos de forma mais rápida. Os familiares devem ajudar de forma a darem os dados e características corretas dos indivíduos para os órgãos responsáveis por agirem no processo de procura.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde