ENTRAR NA PLATAFORMA
Desaparecimento de pessoas no Brasil

  Durante o Regime Militar no Brasil, o número de pessoas desaparecidas aumentou consideravelmente. Consoante a isso, foi possível evidenciar a ausência de investigações eficientes na busca dessas  mesmas pessoas. Análogo ao exposto, tal problemática configura-se, ainda hoje, no país em virtude da carência de apoio institucional e de sistemas de gestão eficazes na procura dos indivíduos desaparecidos. 


  Em primeiro lugar, é imperioso destacar a falta de suporte institucional no aperfeiçoamento dos sistemas de busca como um obstáculo para a resolução do problema. De acordo com o Comitê Nacional da Cruz Vermelha(CNIV), 8 pessoas desaparecem a cada uma hora. Diante desse contexto, as causas do desaparecimento são inúmeras como, por exemplo: o crescimento dos movimentos migratórios, os alarmantes índices de conflitos armados e até mesmo o desaparecimento por vontade própria. Em suma, a insuficiência legislativa em desenvolver mecanismos de averiguação e de apoio às famílias são fatores os quais contribuem com a persistência desse empecilho na sociedade brasileira.


  Outrossim, convém destacar a importância dos sistemas de gestão e de direcionamento especializados no desaparecimento de pessoas como potenciadores nos processos de busca. Na série "Stranger Things", um garoto chamado Will desaparece e, a partir desse acontecimento, a polícia passa a negligenciar o caso do menino após realizar buscas fracassadas  na cidade. Não distante da ficção, o fator preponderante na questão dos desaparecidos é a ausência de um sistema de banco de dados nacional que auxilie na localização das pessoas. 


  Depreende-se, portanto, a necessidade de medidas capazes de atenuar esse impasse. Dessa forma, o Poder Executivo — como instância máxima no atendimento das necessidades coletivas —, aliado a Promotoria dos Direitos Humanos, deve, por meio de audiências e congressos, desenvolver ferramentas eficientes, bem como o banco de dados de pessoas desaparecidas. Ademais, essas mesmas ferramentas precisam ser habilitadas a prestar atendimento às famílias, por meio de profissionais capacitados como assistentes sociais, e a maximizar a procura. Assim, o Brasil será capaz de mitigar o número de pessoas desaparecidas. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde