ENTRAR NA PLATAFORMA
Desafios para superar a homofobia no Brasil

Na saga de filmes "Star Wars", de George Lucas, todos os seres sencientes vivem em uma sociedade altamente diversificada, convivendo pacificamente, mesmo com suas diferenças. Nesse viés, embora tal igualdade esteja prevista na constituição brasileira, alcançá-la é uma tarefa árdua. Sob essa perspectiva, seja pelo preconceito enraizado na população, seja pela colaboração com assassinatos por motivos fúteis, a homofobia tornou-se extremamente nociva para a sociedade brasileira.



Em primeiro plano, a homofobia está intrinsecamente ligada aos preconceitos que as pessoas adquirem. Para exemplificar, no livro A revolução dos bichos, de George Orwell, os animais criam um conjuntos de leis, em que todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais que os outros. Sob essa ótica, a intolerância direcionada a alguns grupos sociais tem papel parecido no período atual, em que as pessoas rejeitam e hostilizam o que é diferente.



Ademais, crimes contra a sociedade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transsexuals ou Transgêneros) são corroborados pelo aumento da homofobia. Nesse sentido, cabe salientar que, segundo o Grupo Gay da Bahia, em média, a cada dia uma pessoa pertencente ao grupo LGBT é morta. Nesse cenário, muitos indivíduos, mesmo com cidadania exemplar, temem a morte ocasionada por suas escolhas sexuais.



Portanto, torna-se evidente que os ideais homofóbicos causam consequências maléficas para a população. Posto isso, para mitigar a problemática, cabe ao Ministério da Educação, que tem por função zelar pela qualidade de ensino do país, alertar e conscientizar os jovens acerca da sociedade diversificada que o Brasil possui, por meio de palestras e discussões sobre o assunto, utilizando-se das disciplinas de filosofia e sociologia. Com tais medidas efetivadas, o Brasil estará mais próximo de alcançar uma sociedade pacífica e sem discriminação, como nos filmes de George Lucas.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde