O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Desafios para superar a homofobia no Brasil

Aversão irreprimível, repugnância, medo, ódio, preconceito que algumas pessoas nutrem contra homossexuais0000 essa é umas das definições do termo "homofobia", algo que já deveria ter sido extinto, dadas as suas consequências para a sociedade. Contudo, não é o que se pode observar. Lamentavelmente ainda é comum tomar conhecimento de agressões físicas e psicológicas às pessoas de orientação homossexual, o que deve ser combatido.
Segundo dados da ONG GGB (Grupo Gay Bahia), o número registrado de mortes de LGBT?s (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis) tem crescido a cada ano, totalizando 227 homicídios em 2017. Esses são apenas os casos notificados a esse grupo, porém, a realidade brasileira é bem pior quanto a isso. Tal fato precisa ser superado, pois todos somos iguais e devemos ter o direito de gozar de nossa liberdade individual, bem como de direitos civis equivalentes.
Ademais, as consequências da homofobia , quando não resultam em morte, derivam inúmeros traumas para as suas vítimas. Contudo, apesar dos resultantes desse comportamento hostil serem de conhecimento comum, muitas pessoas preferem, por conveniência, ignorar essa realidade pela dificuldade de lidar com as diferenças. Infelizmente este comportamento infenso é estimulado por muitos líderes religiosos e até mesmo por políticos conservadores. Como o pastor Silas Malafaia que atua arduamente contra os direitos dos homossexuais, destilando ódio em suas falas públicas, e, devido a sua influente abrangência, estimula muitas pessoas a continuarem com uma perspectiva negativa quanto ao assunto.
Convém, portanto, que, primordialmente, a sociedade civil organizada exija do Estado, por meio de manifestações públicas, a observância da questão da homofobia no Brasil, pois essa discussão precisa ser ampliada. Paralelamente, ONG?s devem corroborar com esse processo com o fito de estimular o respeito às diferenças. À mídia, por sua vez, compete promover debates em programas acerca do tema para que, dessa forma, o país possa se tornar mais plural, justo e menos violento.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!