O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Desafios para a inclusão de refugiados na sociedade brasileira

Refúgio no Brasil: lobo em pele de cordeiro
A Constituição brasileira apresenta um fundamental caráter acolhedor
no que diz respeito ao oferecimento de asilo para os refugiados. No entanto, de manei-
ra antagônica ao esperado, novas dificuldades se apresentam dentro das
fronteiras do país, que limitam o recomeço de vida. Manifestam-se,
por exemplo, através da xenofobia e da falta de suporte governamental.
Um acontecimento recente viabilizou a observação da persistência
de comportamentos xenofóbicos que acompanha uma parcela significa-
tiva dos brasileiros: os próprios discursos políticos desferidos ao longo des-
te ano eleitoral incentivaram a expulsão, nas fronteiras do estado de Rorai-
ma, de mais de 1200 venezuelanos que vieram para refúgio no Brasil, se-
gundo o comandante da Operação Acolhida. Deste modo, torna-se clara a
extensão do preocupante obstáculo representado pela xenofobia à insta-
lação dos refugiados no país.
Da mesma forma, a falta de suporte governamental a esses indivíduos,
principalmente no que se refere à sua inserção no mercado de trabalho,
inviabiliza a garantia de estabilidade no Estado brasileiro. Enfrentam, a
partir da entrada no país, os bloqueios de cultura, legislação e idioma
completamente diferentes dos quais estavam habituados, o que, sem
o devido auxílio, demanda um longo período de tempo apenas para a-
daptação. É não apenas urgente a aplicação de maiores mecanismos
de amparo a essas pessoas, como também indicativo de consciência
cidadã.
Os refugiados, portanto, têm seu revés apenas alterado ao receberem
abrigo no Brasil, precisando enfrentar desafios como a falta de apoio, tan-
to social quanto governamental. Deve-se combater o pensamento xenofóbico inse-
rindo de forma gradual informações da realidade das vítimas através da mídia,
de modo a iniciar uma reformulação dos conceitos pré-concebidos. É tarefa
das secretarias municipais a disponibilização de cursos gratuitos de língua portuguesa e
projetos de impulsionamento ao mercado de trabalho para garantir as ferra-
mentas básicas de inclusão. Assim, quem sabe, seja devolvida aos refugiados a
sua cidadania perdida.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!