O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Desafios para a inclusão das pessoas com deficiência na sociedade

Em meados do século passado, o escritor Stefan Zweig chegou ao Brasil fugindo da perseguição nazista. Impressionado com sua nova casa, Zweig escreveu um livro cujo o título se tornava um lema: "Brasil, um país do futuro". Entretanto, quando se observa os desafios para a inclusão de pessoas com deficiência na sociedade brasileira, percebe-se que, com o passar do tempo, o país do futuro não aprendeu a tomar conta do futuro do país. Nesse contexto, identificar as causas desse problema torna-se a melhor maneira de encontrar as verdadeiras soluções.
Em primeiro plano, podemos dizer que ainda hoje existe a ideia de que deficiência é sinônimo de invalidez. Os concidadãos brasileiros, em sua maioria, não estão cientes que, com as novas tecnologias desenvolvidas, pessoas com algum tipo de limitação física ou até mesmo psicológica, podem viver tão normalmente quanto qualquer outra. Isso acaba gerando certo preconceito em cima dessa parcela da população que, de acordo com a pesquisa feita pelo IBGE em 2012 , chega á 23,9% dos brasileiros.
Em mais profunda análise, pode-se citar as dificuldades dos cidadãos deficientes em realizar ações simples do cotidiano, como ir ao mercado, passear pela cidade e até mesmo trabalhar (o que acaba prejudicando a economia). Isso não deixa de ser mais um traço do descaso com essas pessoas, e também pode ser visto como o resultado da falta de informação da sociedade referente as necessidades dos portadores de alguma limitação.
Torna-se evidente portanto, que para que o escritor Stefan Zweig esteja correto e o Brasil seja um país do futuro, são necessárias algumas mudanças. Cabe ao governo federal, em conjunto com todos os estados e municípios, investimentos na infraestrutura das cidades, como exemplo a implantação de sinais de trânsito sonoros e piso podotátil, o que facilitará a locomoção dos cegos pelas ruas (como é feito no Canada, onde essas e outras inovações já fazem parte da vida local). Assim como as organizações não governamentais devem inserir cada vez mais portadores de deficiência em suas equipes, além de melhorar as condições desses no local de trabalho, tendo como consequência a diminuição do preconceito existente sobre essas pessoas. Não há solução mágica, somente de forma lenta e gradual conseguiremos total inclusão dos deficientes em nossa sociedade.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!