ENTRAR NA PLATAFORMA
Desafios do jornalismo contemporâneo

O filme "Spotligth - Segredos Revelados", relata a história verídica de uma equipe de jornalistas inestigativos que decide apurar casos de pedofilia envolvendo a igreja católica. Enfrentam diversas dificuldades como censura por parte das autoridades policiais e crentes, ameaças de demição; difamação e precisão. Nesse sentido, a narrativa foca em como a imprensa livre e atuante é fundamental nas sociedades democráticas atuais. Ademais, nos últimos anos esses profissionais vem sofrendo com algumas pragas derivadas do apogeu das mídias sociais: As "fake news" e os influenciadores digitais.


Em primeiro lugar, é importante frizar a importância do jornalismo hodierno. O profissional da área representa para todos um marco de informações qualificada e acreditada, em razão disso, que diretamente milhares de profissionais abraçam o fardo de buscar fatos e informações em fontes primárias e reporta-lás à comunidade de forma clara e objetiva. Diante disso, hoje, por conta das redes sociais, diante  de tantas fake news e da facilidade na fabricação e na manipulação de fatos, o jornalismo se faz indispensável para a nossa comunicação.


Por conseguinte, o "influencer", bem como nós, é um consumidor secundário do relato ,uma vez que, ele recebe o fato de fontes jornalisticas ,e apenas segue o fluxo da correnteza explanando as noticias. Muitos não buscam se atentar para as diferentes versões das narrativa  ou ignoram a checagem de informações estanto predispostos a enunciar dados equivocados, gerando um "efeito bola de neve" envolvendo referências falsas ou dadas pela metade, fazendo com que outras pessoas espalhem a mesma noticias contadas de formas e meneira diferentes. Cabe o dito popular "Quem conta um conto aumenta um ponto".Em contra partida, a imprensa, ela é a garantia de que aquele conteúdo passou por toda uma gama de pessoas qualificadas, desde os apuradores até os editores e revisadores, isto é, elas são checadas e rechecadas antes de chegas ao publico consumidor.


Diante desse panorama, é indubitável que há importância nesse ofício, e merece reconhecimento. Logo é preciso a ação de orgãos como, por exemplo, A Assessoria de Comunicação Social do Ministério do Turismo (ASCOM) que é o orgão responsável pela orientação; controle; planejamento e execução das atividades de comunicação da mídia em geral, buscando serenar a insuficiência legislativa e reafirmando a sua liberdade de manifestação de pensamento e informação ao invés de ignorar a problemática deixando-os a mercer de críticas e condenções enquantos outros se servem dele -o jornalismo- para obedecer a lógicas partidárias  e socioeconômicas. Somente assim podemos ter um efeito positivo, e o que foi criado como instrumento de democratização informacional não será convertido em um mecanismo de opressão ou difamação.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde