ENTRAR NA PLATAFORMA
Desafios do jornalismo contemporâneo

Em 1440 houve a origem do termo "prensa móvel", um processo gráfico que séculos depois foi adaptado para fabricar jornais. De início, os jornais foram uma importante fonte de informações e foram os responsáveis pela disseminação do conhecimento, entretanto, com a invenção do rádio, telégrafo, televisão e atualmente internet, tal fonte caiu parcialmente em desuso. Equitativamente, com a evolução das mídias sociais, o jornalismo contemporâneo vem caindo na obsolescência.
Durante as eleições de 2018, as redes sociais foram mais presentes do que o até então famoso "horário politico", isso se mostra pela denúncia feita pelo TSE; no período eleitoral, quatro empresas foram denunciadas por estarem manipulando a informação através do uso de envios de mensagem em massa. Algumas empresas de marketing se aproveitaram da desinformação da população para divulgar fraudes favorecendo um candidato em detrimento do outro. O fato em questão obrigou que o Tribunal Supremo Eleitoral tomasse uma atitude.
Não obstante, redes sociais como Instagram e facebook e o "papel" dos digitais influencers também afeta a divulgação das informações. Einstein disse: " O espírito humano precisa prevalecer sobre a tecnologia"; todavia, os acontecimentos atuais não refletem esse pensamento, pois com a democratização da internet, as pessoas tem optado por acreditar mais em blogueiras do que em informações palpáveis.
A massificação da internet não é algo 100% ruim, devido a esse recurso grandes revoluções estão acontecendo, como uma maior conscientização sobre temas importantes; entretanto, também existe o lado ruim, por causa dessa popularização pessoas qualificadas estão perdendo seu lugar, de certa forma, a universidade que é uma das maiores instâncias instâncias de conhecimento, está perdendo seu valor.
Acerca dos fatos, medidas são necessárias para solucionar o impasse. Os jornalistas graduados precisam se reinventar e encontrar formas de acompanhar a modernidade. O governo deve investir em palestras dentro das escolas para que os alunos tenham noção da desinformação. Os estudantes dos cursos de comunicação devem se unir aos Gabinete de Segurança da Informação, para juntos, garantirem a integridade dos fatos. Com tais implementações, os desafios do jornalismo poderão ser mais uma mazela deixada para trás.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde