O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Desafios da produção científica no Brasil

     O Iluminismo foi um movimento filosófico que valorizava a razão e a Ciência, de forma a fomentar descobertas da Ciência muito importantes no século XVII. Entetanto, na contemporaneidade, a produção científica encontra diversos desafios no Brasil, como a sua desvalorização e pouco investimento. Diante disso, é imperioso que se analisem a o negacionismo científico, pela sociedade, e a negligência governamental, como agentes que potencializam essa conjuntura. 
     Em primeira análise, é válido ressaltar que a banalização da Ciência, pelo corpo social, é um fator que ocasiona a sua desvalorização no país. De acordo com o filósofo Bacon, "Todo comportamento é contagioso", ou seja, posturas que negam a importância de descobertas científicas são compartilhadas por parte da população brasileira. À luz do exposto, há diversos movimentos que agem de forma a desvalorizar produções de cunho científico, como a corrente de pensamento contra a vacinação. Por conseguinte, há a ocorrência de diversos problemas no território nacional, como a volta de doenças já erradicadas no Brasil, visto que parcela populacional concorda com tal corrente de pensamento antivacina, por exemplo. Dessa forma, a mediocrização da coletividade, em relação à Ciência, contribui com esse cenário caótico no país. 
     Ademais, é importante salientar que a inobservância estatal colabora com a desvalorização científica no Brasil. A Declaração Universal dos Direitos Humanos, promulgada em 1948, declara que todos têm direito à saúde, educação e ao bem estar social, o que indica que é papel do Estado prover aos cidadãos condições que agem de forma a lhes garantir tais direitos. Todavia, o governo, por meio da falta de investimento na Ciência, por exemplo, dificulta descobertas de cunho científico imprescindíveis para o país. Em consequência disso, o desenvolvimento nacional e da população é colocado em segundo plano, o que ocasiona a perpetuação desse quadro de desvalorização no cenário brasileiro. Logo, a inadvertência do Poder Público exarceba essa conjectura.
     Destarte, é notório que a negação da Ciência, pelo corpo social, e a desatenção do governo colaboram com a desvalorização ciêntifica no país. Assim, é necessário que a Mídia, como difusora de informações, promova, por meio de documentários e propagandas, a valorização da Ciência e das suas contribuições, com a finalidade de mitigar o seu negacionismo pela sociedade. Além disso, urge que o Governo, na qualidade de gestor dos interesses coletivos, garanta, por intermédio do investimento em pesquisas, o desenvolvimento científico, a fim de ocasionar o progresso do país e da população. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!