O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Desafios da produção científica no Brasil

         O artigo 218 da Constituição Cidadã assegura o incentivo e a viabilização do desenvolvimento da pesquisa científica no país. No entanto, apesar de extrema importância por consolidar grandes avanços para sociedade, a ciência no Brasil enfrenta, ainda, um grave problema: a desvalorização. Ora, isso ocorre devido, entre outros fatores, à inércia governamental e ao ideal negacionista da comunidade.
         


           Essa problemática se deve, a princípio, à omissão do Estado, já que nas escolas não há recursos vitais para que haja transformação do corpo social. Nesse viés, conforme o filósofo Paulo Freire, " a educação sozinha não pode transformar a sociedade, tampouco sem ela a sociedade muda". Nesse sentido, é notório que a realidade acadêmica destoa-se da ótica de Freire, posto que não há o incentivo da cultura científica nos colégios, por exemplo, o diminuto investimento em laboratórios de pesquisas. Logo, o desmazelo à socialização da ciência nas instituições educacionais é deplorável e dá-se em razão do Governo que corrobora, demasiadamente, para que ocorra a persistência do imaginário negativista da coletividade.
         


        Outrossim, é imperativo pontuar que a inação da esfera política emerge como precursora das lacunas existentes nos ideais da população acerca da ciência. Desse modo, sob a perspectiva da escritora Simone de Beauvoir, " o pior dos problemas sociais, são aqueles os quais o povo habituou-se a eles". Não obstante, a carência na fomentação à ciência favorece a cultura repulsiva, bem como a construção de uma visão estigmatizada do campo científico, como o descrédito na veracidade das vacinas. Como consequência disso, nota-se, lamentavelmente, a permanência de um corpo social que enraíza o costume em não valorizar as pesquisas científicas.


      Depreende-se, portanto, a necessidade de medidas para que os desafios na desvalorização da ciência sejam minimizados. Para tanto, cabe ao Ministério da Educação, responsável pelo ensino no país, investir nas infraestruturas das escolas públicas, através da construção de laboratórios de pesquisas científicas, com o objetivo de atenuar a depreciação desse âmbito no país. Além disso, o Governo Federal deve também, mediante o oferecimento de incentivos fiscais, criar campanhas que sejam vinculadas às mídias abordando os momentos nos quais o campo científico foi essencial na história da humanidade, com o fito de desconstruir estereótipos propagados na sociedade. Diante disso, será tangível, pelo saber, garantir o cumprimento da lei assegurada pela Constituição Federal de 1988.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!