O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Desafios da alfabetização tecnológica para os idosos

No filme "Up, Altas Aventuras", o choque entre as realidades de um senhor de idade e uma criança demonstra a resistência por parte dos idosos de submeterem-se à determinadas mudanças. Apesar do contexto fictício, é notória a semelhança do filme com o cenário atual, levando em conta a dificuldade da população da terceira idade para acompanhar avanços tecnológicos, o que resulta numa burocratização do exercício da democracia e na exclusão social desse determinado grupo. Nesse sentido, faz-se necessária a alfabetização tecnológica para idosos, de modo a resolver as problemáticas enfrentadas. 
Promulgada em 1988, a Constituição Federal Brasileira garante à todos os brasileiros o direito à igualdade, à saúde e ao bem-estar social. Entretanto, o modo como a situação dos idosos se encontra atualmente entra em contraposição a tal ferramenta de democratização, fazendo com que esses direitos permaneçam apenas no papel. Segundo dados da Central Da Rede Globo (G1), ainda que 19 milhões de celulares estejam nas mãos de pessoas com mais de 60 anos de idade, a analfabetização digital enfrentada pelos idosos faz com que eles não tenham consciência da tecnologia ali apresentada, o que implica o direito à informação.
Ademais, é primordial ressaltar que a exclusão social vivenciada por parte dos idosos está diretamente ligada à falta de práticas de instruções digitais para a terceira idade. De acordo com dados referentes ao mês de Agosto deste ano, coletados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 31,1% dos idosos brasileiros não tiveram acesso à tecnologia nos meses de Maio, Junho e Julho de 2019. Desse modo, nota-se também que a  população idosa apresenta imensas dificuldades no que refere-se à utilização de ferramentas tecnológicas. Sendo assim, gera-se uma dependência dos mesmos à população mais jovem, já que a juventude está inteiramente atrelada ao cenário digital, o que resulta numa deficiência de especialidades básicas, onde os idosos não conseguem realizar atividades digitais sozinhos.
Fica evidente, portanto, a necessidade de serem tomadas medidas para resolverem as problemáticas da alfabetização tecnológica dos idosos no país. Em primeiro lugar, o Governo Federal, em parceria com o Ministério da Educação, devem oferecer, por meio de oficinas nas escolas, aulas de informática direcionadas à pessoas da terceira idade, com profissionais especializados na área, demonstrando aos idosos a importância de utilizar-se a tecnologia com sabedoria. Em segundo lugar, a família deve acompanhar o comportamento do idoso diante às ferramentas digitais, aumentando assim a relação no âmbito familiar e contribuindo para a segurança, inclusão social e bem-estar do mesmo, assim como no desfecho do filme "Up, Altas Aventuras", onde a criança e o senhor de idade desenvolvem uma relação afetiva inteiramente amigável. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!