O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Depressão e seus impactos na sociedade brasileira

Assim como na Idade média o termo "mal do século" ficou conhecido para caracterizar o caos vivido na época, em seu mesmo contexto a expressão vem sendo utilizada como sinônimo da palavra depressão. Motivada por transtornos psicológicos, a doença pode ser influenciada por fatores ambientais, biológicos ou hereditários. Ainda que o problema seja muito frequente na sociedade mundial, tal questão merece mais zelo, pois em um estágio elevado, a depressão pode ocasionar na morte do indivíduo.


A maior dificuldade em relação à doença é a pouca frequência na qual a mesma é discutida pela sociedade. A decadência dos mecanismos de prevenção e tratamento contribui para que muitas das pessoas que têm a doença ainda não consigam identificá-la ou até mesmo aceitá-la, dificultando ainda mais o tratamento. Outro ponto importante sobre o assunto é o modo como a sociedade se posiciona diante dos adoentados, muitas vezes os julgando por algo relacionado à religião ou até mesmo afirmando ser um tipo de desespero para serem notados, agindo de forma extremamente preconceituosa e aumentando a gravidade do problema.


Segundo a Organização Mundial da Saúde, a depressão é considerada a 4° doença mais comum do mundo, atingindo cerca de 20% da população mundial. Diante disso, a OMS decidiu desenvolver projetos que visam ajudar, por meio do diálogo, as pessoas que sentirem-se necessitadas e combater o preconceito existente entre os doentes e a sociedade como um todo. Com base nos fatos, diversas campanhas foram adotadas para mobilizarem a população sobre a importância da preservação da vida saudável, como por exemplo o setembro amarelo, que visa combater o suicídio.


Diante de todos os fatos, é imprescindível a importância do cuidado com a questão, pois as consequências podem ser fatais. Em primeiro lugar, o Ministério da Saúde deve desenvolver cartazes educativos para expor em unidades básicas de atendimento à saúde, demonstrando a importância pela busca do tratamento e pelo conhecimento da doença, visando também a diminuição do preconceito em relação aos doentes. Em segundo lugar, devem ser disponibilizados de forma gratuita os medicamentos necessários para tratarem o distúrbio, facilitando assim o acesso ao tratamento de forma geral e contribuindo para uma sociedade cada vez mais saudável.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!