ENTRAR NA PLATAFORMA
Demarcação de terras e impactos na cultura indígena

Demarcações, ou invenções?


Sabemos que, antes dos portugueses chegarem, já havia uma população que habitava o então chamado Brasil. Eles iniciaram um processo de cultura e habitação muito antes de todas as que hoje, graças à eles, estão aqui presentes. Contudo, isso nem sempre os favoreceu, pois com a chegadas do imigrantes, grande parte da população indígena que já ultrapassava os seis milhões, foi escravizada e extinguida para fins lucrativos, comerciais e pessoais com a finalidade de obter-se posses de terras, matérias prima e poderes.


Nos dias de hoje, grande parte da população de índios é protegida pela constituição federal, e órgãos como a Fundação Nacional do Índio (Funai), com o intuito de preservar a cultura ainda existe das mais de 300 etnias indígenas e seus mais de 150 dialetos diferenciados. A população indígena passa dos oitocentos mil habitantes, para isso deve-se haver locais de preservação cultural e demarcações para a sobrevivência dos mesmos, que é regularizada e mantida pela união com o intuito de conservá-los, ou seja, todas as posses indígenas são de propriedade da união. As demarcações indígenas são essenciais para a sociedade, com a consciência e respeito, ela serve como apoio para toda a população brasileira que, de certa forma, tem muito a agradecer pelo cultivo, manutenção ambiental e variados estilos culturais ali predominantemente existentes. Apesar de existir uma parte da população muito grata e satisfeita com essas demarcações e preservações, ainda existem muitos conflitos entre fazendeiros, donos de terras e empresários que desrespeitam ou exigem parte dessas posses que, na verdade, são de direto expresso em leis, de índios. Infelizmente muitas das mais de 500 demarcações não são respeitadas ou até mesmo regularizadas em conflitos judiciais por motivos de interesse, o que acaba sendo prejudicial em massa, pois grande parte desses fazendeiros e proprietários de terras ganham disputas e acabam desmatando locais ou até mesmo deixando eles vagos sem suas explicações devidas.


O impacto indígena em nossa sociedade é indiscutível, herdamos diversas influências de nossos antepassados indígenas que até hoje são disseminadas e existentes em nosso cotidiano. Através da educação é perceptível ver essa diferença e ela tem grande apoio por partes das escolas por influenciar diretamente na formação e educação de alunos e jovens que necessitam de conhecimentos gerais para um dia com toda sua vontade e preparação auxiliar o Brasil em seu desenvolvimento.


Vemos que os índios são peças importantíssimas para o Brasil e preservar essas áreas de demarcações é essencial para uma cutura indígena diversificada que cultiva valores impactantes para a educação, cultura e valorização brasileira. Acredita-se que com o respeito e consciência iremos conquistar mais espaços para os índios brasileiros e consequentemente aumentar o impacto positivo para nossa sociedade.


Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde