O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Crise penitenciária no Brasil

Promulgada pela ONU em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todos os indivíduos o direito a saúde e ao bem estar social. Conquanto, a crise do sistema prisional brasileiroimpossibilita que essa parcela da população desfrute desse direito universal na prática. Nessa perspectiva, esses desafios devem ser superados de imediato para que uma sociedade integrada seja alcançada.


A educação é o fator principal no desenvolvimento de um país. Hodiernamente, ocupando a nona posição na econômia mundial, seria racional creditar que o Brasil possui um sistema público de ensinio eficiente. Contudo, a realidade é justamente o oposto e o resultado desse contraste é claramente refletido na precariedade do sistema prisional braseleiro. Segundo, o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) revela que a população carcerária do Brasil é a quarta maior do mundo, atrás apenas dos EUA, China e Rússia. Diante do exposto, a má infra estrutura na maioria das cadeias faz com que os presos firmem uma luta diaria pela sobrevivência. Mesmo que estes vivam em um regime fechado, a superlotação e a deterioração das celas, até, a falta de água potável provam a falta de subsídio à integridade humana, visto que os indivíduos são postos a margem do descaso.


Faz-se mister, ainda salientar a negligência á condições higiênicas do público feminino. De acordo com Zigmund Baumam, sociólogo polonês, a falta de solidez nas relações sociais, politicas e econõmicas é a característica da "modernidade líquida" vivda no século XXI. Diante de tal contexto, detentas sofrem com o descaso da higiêne feminia sendo excluídos os cuidados intimos, vide a falta de absorventes, em algumas prisões, ausência de acompanhamento ginicológico, gestantes que não possuem um zelo diferenciado na gravidez e a falta de auxilio médico na maioria dos sistemas carcerários.


Infere-se, portanto, que ainda há entraves para garantir a solidificação de politicas que visam à construção de um mundo melhor. Dessa maneira, urge que o governo deve investir na extenção de cadeias para evirtar a lotação e, como solução paleativa usar caminhões pipa para suprir a carência de água. O acesso a saúde pública é um diretio universal, logo, são imprescindível equipes médicas e a fiscalização desses cuidados, principalmente em relação a saúde da mulher. Dessa forma, o Brasil poderia superar a crise do sistema prisional brasileiro.




Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!