O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Crise hídrica no Brasil

A revista ‘’crônica de los tiempos’’ publicou em 2002 “a carta escrita em 2070’’, que relata um homem de 50 anos vivendo em um mundo sem água, onde rios, lagos e córregos se esvaíram e a seca tomou conta, usando azeite vegetal como meio de se banharem, cortando o cabelo para não ter que lavar, são exemplos do modo de vida. Nesse sentido, a escassez já aflige os tempos atuais, sistemas de abastecimento com um ‘’palmo’’ de profundidade, como é o caso da Cantareira, em São Paulo, que possui sua distribuição no mínimo. Desse modo, percebe-se que os desmatamentos ocorridos ao longo dos anos, as poluições agravantes e ausência de consenso são os principais fatores ocasionais na crise hídrica.


Em primeiro lugar, é importante destacar que os biomas são as almas da sobrevivência, pois fazem um processo essencial – a evapotranspiração -, que é a perda de água das plantas e dos solos por transpiração, evaporando e formando as nuvens que, consequentemente, precipitam nos rios, lagos e córregos. Com o grande aumento do desmatamento, principalmente no Pantanal e Amazônia, afeta drasticamente e diretamente o ciclo provocando à falta das chuvas, logo, a seca.


Por conseguinte, pequenas ações no cotidiano também causam efeito e a população tem uma grande parcela de culpa, com o uso exacerbado levando ao desperdício que, muita das vezes, não é reaproveitável, jogando lixo nas ruas que obstrui as bocas de lobo e as sujeiras nos rios, impedindo que a água da chuva pegue seu caminho natural. Segundo o ativista Mahatma Gandhi, ‘’seja a mudança que você quer no mundo’’, no qual suas atitudes que fazem a diferença para um futuro melhor e cada habitante fazendo sua parte não haverá um problema.


Portanto, é mister do Estado criar leis de limitações para o desmatamentos, amenizando tais ações como meio para um fim maior, e as Companhias de Saneamento de cada cidade juntamente com a população comece a se conscientizar com propagandas nas mídias sociais, palestras nas escolas para fazer jus a cada gota d’água, assim evitando a contaminação no meio ambiente, para que não seja escrita a carta em 2070.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!