O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Crise hídrica no Brasil

Quando nos referimos sobre a crise hídrica no Brasil, remete-se, mais precisamente ao nordeste brasileiro, pois é a região que tradicionalmente sofre com a escassez de água. É importante ressaltar que com as mudanças climáticas e o aumento do desmatamento, outras regiões do país passaram a sofrer com a falta de água. No atual contexto, para que a questão da crise hídrica entre em debate na sociedade, o Brasil deve realizar parcerias e esclarecer para a população os motivos sobre a ausência de água e ensinar de forma consciente sobre o consumo.


                Historicamente, sabe-se que o semiárido nordestino sempre foi castigado por longos períodos de seca e quando fala da falta de água, a população brasileira faz menção a esta região. Porém está situação vem sendo alterada a medida que ocorre o aumento do desmatamento, a falta de conservação dos lençóis freáticos, a não preservação dos mananciais e a grave poluição que afeta os rios e lagos. Uma prova disso é que em maio de 2014, segundo a SABESP, o sistema Cantareira que abastece a Grande São Paulo, operava com 6% da capacidade, e, provocou um racionamento hídrico que durou dois anos. Isso por que existe uma falta de políticas públicas para a produção e preservação de água, pois, a única preocupação que se tem é com a água que sai das represas e não com o ambiente produtor deste recurso.


                É importante analisar que, no Brasil, a crise hídrica estava relacionada a uma única região, mas a situação vem mudando rapidamente, à medida que ocorre a intensificação das mudanças climáticas. Uma prova disso é que no sul do país, que tem chuvas constantes ao longo do ano, viu seu regime hídrico cair drasticamente em 2020, tendo um longo período de seca extrema, levando o governo do Rio Grande do Sul, a decretar situação de emergência em 386 dos 497 municípios por causa da estiagem. Com base nesses dados, sabe-se que esses períodos de seca extrema afeta dois dos principais setores que mais dependem de água no estado: a agricultura e a pecuária, e traz inúmeros prejuízos para toda uma cadeia produtiva.


                Diante de todos os aspectos apresentados quanto à crise hídrica no Brasil, entende-se que não adianta, apenas, pedir para que a população faça um uso consciente deste recurso e não resolver, também, os problemas que afetam o sistema produtor de água. Desse modo, o Ministério do Meio Ambiente deve elaborar um projeto que vise a recuperação da mata nativa que cortam os rios e mananciais, bem como promover ações em parceria com estados e municípios para que sejam instaladas estações de tratamento de esgoto, diminuindo assim a poluição dos mananciais, preservando, todo o sistema produtor deste recurso. Devem, também, ser promovidas ações em parcerias com o MEC e a ANA de modo que sejam elaboradas cartilhas explicando para os brasileiros sobre o uso consciente da água, a fim de que os brasileiros utilizem este recurso de forma racional, evitando assim o desperdício.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!