O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Crianças em situação de rua no Brasil

Há 20 anos 70 crianças em situação de rua que dormiam na porta da Igreja da Candelária sofreram uma tentativa de homicídio enquanto dormiam. Dessas crianças 8 morreram e o trágico evento ficou conhecido como o massacre da Candelária. Esse fato comprova que os menores em situação de rua estão expostos a qualquer tipo de violência.
De acordo com um censo publicado pela revista A Gazeta do Povo, há no Brasil 23.973 crianças e adolescentes vivendo nas ruas de diferentes cidades brasileiras. Esse dado mostra como que o Brasil é incapaz de seguir a própria constituição federal, já que a mesma garante que qualquer cidadão brasileiro ou estrangeiro residente no país possui o direito à propriedade e à segurança. A manutenção desses direitos não cabe somente ao estado, mas a família e a qualquer cidadão brasileiro tendo em vista a maior vulnerabilidade que o menor de 18 anos apresenta em relação ao adulto.
A marginalização sofrida por essas crianças pode aumentar muito as chances de sofrerem alguma violência física, adquirirem algum vício em drogas, caírem na criminalidade ou desenvolverem alguma doença por não terem acesso a uma higiene pessoal ou a exames periódicos que diagnosticaria alguma possível doença. É fato também que esses menores estão fora da escola o que, além de ser outra grave violação de direitos humanos, também dificultaria muito a ressocialização dessas pessoas, já que esse fato também aumenta muito a chance de caírem na criminalidade e de possuírem uma inserção precária no mercado de trabalho.
Levando em consideração esses aspectos, é um fato que o grande número de crianças que vivem em situação de rua pode causar sérios malefícios no futuro. O governo federal deveria investir mais em estatísticas para ter um melhor conhecimento de quais cidades a situação é mais grave para poder priorizá-las. Investir mais em órgãos que prestam assistência social como CRAS e CREAS e que seja propostos metas a serem cumpridas desses órgãos seria uma medida interessante de ser adotada. Também deveria ser investido mais em políticas que preguem a conscientização da população para sempre que tiverem contato com alguma criança ou adolescente em situação de rua denunciarem para o Conselho Tutelar.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!