O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Cotas

Apesar do artigo 5º da Constituição assegurar que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, a questão das políticas afirmativas para inclusão das minorias nas Universidades vem sendo amplamente discutida, afinal segundo a equidade aristotélica, deve-se tratar desigualmente os desiguais para se promover a efetiva igualdade. Entretanto, muitos questionam a eficácia desse sistema de cotas, principalmente as polêmicas cotas raciais e de escola pública.
No que se refere as cotas raciais, é possível afirmar que o problema inicial em relação a ela é o fato de raça ser um conceito abstrato e não biológico. Ademais, as políticas afirmativas podem gerar o efeito contrário do que se propõe, afinal a sua cor ser um requisito para o ingresso na Universidade pode ser considerado o preconceito que os negros tanto lutaram para por fim, como afirmava Martin Luther King, eu tenho um sonho, o sonho de ver meus filhos sendo julgados pela sua personalidade, não pela cor de sua pele.
Outrossim, as cotas por escola públicas também geram polêmica, visto que, são utilizadas como tapa buracos para as falhas no ensino público. De acordo com o MEC (Ministério da Educação), em 2015 os alunos do ensino médio, da rede pública, estavam no nível 2 de 8 em português e 2 de 10 em matemática. Além disso, não há garantia de efetividade desse sistema, haja vista que muitas pessoas com boa condição financeira fazem uso dessas cotas para aumentar ainda mais as chances de ingresso em Universidades.
Fica claro, portanto, que as políticas afirmativas possuem uma boa proposta, porém uma pequena eficácia. Por isso, é necessário que o MEC especifique mais a questão das cotas raciais para não deixar margem para dupla interpretação. Ademais, o MEC em parceria com a Secretaria de Educação Básica devem garantir que as cotas por rede pública serão apenas aplicadas em conjunto com as cotas sociais, além disso, elas serão temporárias, sendo utilizadas enquanto uma reforma é feita na educação básica da rede pública.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!