ENTRAR NA PLATAFORMA
Cooperativismo como alternativa social
No clássico mundial "Admirável Mundo Novo", livro do escritor inglês Aldous Huxley, a sociedade é tão organizada que cada cidadão possui um emprego e uma função. As cooperativas podem auxiliar nessa meta, pois visam o bem-estar social e ambiental. Entretanto, a instalação de cooperativas é dificultada por falta de apoio governamental e pelo pouco conhecimento popular sobre o cooperativismo.
No Brasil, há cerca de 13 milhões de pessoas desempregadas. As ações do governo atual não foram capazes de aumentar as ofertas de emprego, renda e qualidade de vida. O cooperativismo poderia auxiliar na superação dessa crise socioeconômica, pois pode ocorrer em todos setores, como na reciclagem do lixo e em comunidades agrícolas, e propõe maior inclusão, já que a hierarquia não existe. Entretanto, boas iniciativas assim são pouco discutidas pelos governantes como uma forma alternativa para os problemas nacionais.
Ademais, não há tanta divulgação sobre cooperativas pela mídia e por parte da sociedade. Isso tira a oportunidade de promoção do trabalho em cooperação, que ocorre por pessoas que desejam obter vantagens e benefícios comuns, e que poderia atrair mais indivíduos. O trabalho de diversas cooperativas é dificultado pela falta de conhecimento popular, por exemplo, na separação do lixo reciclável. E outras pessoas simplesmente ignoram o valor desse trabalho, mas, segundo Sócrates, a ignorância humana gera o erro.
Infere-se, portanto, que o cooperativismo surge como alternativa social. Para isso, o Governo Federal deve ajudar na propagação de cooperativas modelo pelo país, por ampliar o crédito para financiamento, por meio da Caixa Federal, assim como divulgar nas mídias governamentais a importância do cooperativismo. Cabe também, aos órgãos públicos municipais mobilizarem a população a fim de facilitar o trabalho das cooperativas locais e aumentar a discussão sobre o assunto. Desse modo, a desigualdade pode ser combatida pelo trabalho em conjunto.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde