ENTRAR NA PLATAFORMA
Como o Brasil pode acabar com o Aedes Aegypti

                                      Combate ao mosquito Aedes Aegypti
   O mosquito Aedes aegypti é um vetor de doenças patológicas como dengue, zica, chikungunya, febre amarela, entre outros. Doenças estas que assolam e prejudicam a sociedade brasileira a décadas. Mazelas causadas pela má gestão governamental e a uma falta de conscientização da população sobre o assunto.
   Em relação a má gestão governamental, pode citar-se a ineficiência brasileira com a oferta de saneamento básico de qualidade. Outra má gestão está relacionada com a existência de lixões, prática comum que não é mais permitido por lei, mas mesmo assim é uma prática difundida em todas as regiões do Brasil. Essas más gestões aumentam de forma significativa a reprodução do vetor.
   A proliferação do mosquito podem ser evitados por algumas ações humanas. Umas destas ações é o isolamento de recipientes que possam conter água parada em suas casas. Outra medida que pode ser tomada pela população é que a mesma forneça informações aos órgãos fiscalizadores de possíveis residências ou lugares que apresentem um potencial a criação e iserminação do vetor. Esses são uns dos fatores que demonstram o quanto é essencial a população ser consciente referente ao problema gerado pelo mosquito.
   Portanto, sabendo que o mosquito Aedes aegypti causam diversas doenças fica fora de cogitação não combatê-los imediatamente de forma eficaz. O seu controle e minimização é possível com algumas medidas preventivas que devem ser tomada pelo governo federal como investir em saneamento básico e em aterros sanitários, assim como promover eventos com a finalidade de conscientizar a população sobre a problemática.




 

 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde