O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Casamento infantil no Brasil

    Segundo o filósofo John Locke, " O ser humano é como uma tela em branco que é preenchida por experiências e influências ". Com base nisso, pode-se levar em consideração que o desenvolvimento infantil está diretamente relacionado com o amadurecimento da criança, sendo assim, quando ocorre o casamento infantil há uma quebra de fases entre uma vida infantil a outra adulta. Nesse âmbito, nota-se que a vulnerabilidade do menor e questões socioeconômicas são fatores que influênciam nessa tomada de decisão.


     Em primeiro plano, de acordo com a Organização das Nações Unidas, o Brasil é o país da América Latina que mais possue casos de casamento infantil. Isso se dá pelo fato da criança não ter pleno conhecimento da escolha feita, mas sim ser escolhida. Na fase infantil o menor se encontra muitas vezes em vulnerabilidade emocional, o qual leva a criança idealizar um falso sentimento de liberdade, o qual os leva a restringir oportunidades de vida futura. Sendo assim, suas decisões são influenciadas antes e após o casório, não ocorrendo o preenchimento de uma tela em branco.


     Por conseguinte, a desigualdade social é uma realidade no Brasil e muitas crianças acreditam que o casamento poderia trazer outra perspectiva de vida. De acordo com a UOL, a maior parte dos casamentos infantis se encontram no Nordeste, isto é, localidade que é afeta pela falta de igualdade social. Concluí-se que, portanto, que a educação básica e superior não é a primeira opção de progresso de vida devido á falta de investimentos e oportunidades. Sendo assim, o número de casamento de menores cresce a cada ano.


       Pode-se perceber, portanto, que medidas são necessárias para que o casamento infantil não seja mais uma realidade no Brasil. Para que isso ocorra, é necessário que o Poder Legislativo reveja a lei que aprova o casamento de crianças de dezesseis anos e aumente a idade miníma, para que não haja mais pessoas casando em seu pleno amadurecimento. Outrossim, é importante que os órgãos governamentais de cada cidade fiscalize o ajuntamento de menores o qual não é documentado a união, mas cumpre a mesma ideia de casamento. Além disso, é importante que o Ministério da Educação invista nos ensinos básicos e superiores de todo o país, para que os estudos passem a estar como primeiro plano de nova expectativa de vida. Quem sabe assim, a vida das crianças brasileiras seja preenchida por experiências e influências como Locke abordava, mas de maneira positiva a cada fase de desenvolvimento pessoal.


         


        


       

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!