ENTRAR NA PLATAFORMA
Camarotização da sociedade brasileira e a desigualdade de classes sociais

A desigualdade entre as classes sociais no Brasil é uma das mais acentuadas do mundo, além de mostrar a disparidade entre pobres e ricos, caminha em concomitância com a má divisão de renda, a qual não melhorou em proporções semelhantes ao crescimento do PIB nos últimos anos. Dados mostrado por institutos internacionais como Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) indicam que a concentração da renda continua nas mãos das camadas mais ricas.


Ao observar as regiões mais pobres do Brasil e comparar com as mais ricas, percebe-se a imensa desigualdade social. No Norte-Nordeste e nas periferias das grandes cidades é onde mais se identifica tal fenômeno. Essa situação em que se encontra o Brasil não combina com o volume do PIB nacional, o qual em 2018 chegou a 1,7 trilhões de reais, segundo o IBGE. A renda per capta pode ser melhorada, embora, por si só, não seja um bom indicador de divisão de renda, mas deve ser encarada como um desafio para o governo, fazendo com que setores carentes da nossa economia tenha acesso à boa estrutura de hospitais, escolas, habitação, transporte público e lazer.


Além disso, predomina no Brasil a indiferença das classes sociais mais ricas e de parte da classe política, a qual deve trabalhar para uma melhor distribuição da riqueza. Segundo a ONU, o Brasil é o décimo país mais desigual do mundo. Para confirmar isso, basta analisar o índice GINI que ficou em torno de 0,49 em 2017. Esse indicador mostra como está a concentração da renda de um país. Quanto mais próximo de zero for o valor do índice melhor é a distribuição do capital de uma nação.


Portanto, o governo federal em parceria com as empresas de modo geral e a sociedade como um todo devem unir forças para combater as desigualdades sociais e melhorar a distribuição da renda em todo país, possibilitando amplo acesso a programas sociais para os mais carentes da população, além de oportunidade de emprego e ingresso nas estruturas hospitalares, escolas, moradias, transportes públicos e lazer a fim de diminuir a disparidade entre as classes sociais.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde