ENTRAR NA PLATAFORMA
Aumento da emigração de brasileiros

O quadro "Retirantes", pintado por Candido Portinari, retrata uma família que abandona sua terra natal, migrando para uma outra região. De maneira análoga, parte da população brasileira tem deixado o país em busca de melhores oportunidades, causando um déficit na mão de obra qualificada brasileira.


Em primeiro lugar, é necessário ressaltar que a busca por melhores oportunidades de emprego é o principal fator da emigração no Brasil. A esse respeito, Benjamin Franklin, ex-presidente dos Estados Unidos, já dizia: "o trabalho dignifica o homem", demonstrando, assim, uma cultura de valorização do profissional no país desde sua independência no século XVII. Esse cenário, entretanto, não é realidade no Brasil, uma vez que há pouco incentivo estatal ao jovem profissional brasileiro, resultando no processo de "fuga de cérebros".


Ademais, este processo de emigração resulta numa grande perda da mão de obra qualificada. Sobre essa premissa, dados da Wixstatic afirmam que em 2016 houve um aumento de mais de 20% da saída de profissionais com qualificação em relação ao ano anterior. Desse modo, há uma queda da População Economicamente Ativa, ferindo ainda mais a economia brasileira.


É evidente, portanto, que medidas devem ser tomadas para atenuar o processo de emigração no país. O Governo Federal, na forma do Ministério do Trabalho, deve investir em incentivos aos jovens profissionais brasileiros, por meio de estágios remunerados em repartições públicas. Esse estágio deve ser estendido a cada mês, de acordo com o desempenho pessoal, a fim de manter o trabalhador qualificado no país e corroborar para o fim do cenário retratado no quadro de Portinari.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde