ENTRAR NA PLATAFORMA
Aumento da emigração de brasileiros

Durante o período colonial, o Brasil recebeu um grande contingente de imigrantes, especialmente para consolidar uma mão-de-obra qualificada e de baixo custo para trabalhar nas lavouras e engenhos. Nesse contexto, houve a migração forçada de escravos africanos, e posteriormente de imigrantes europeus (em maior número, italianos e alemães) que buscavam melhores oportunidades de emprego na tentativa de mudar de vida e re reestabelecerem-se longe da sua pátria. Todavia, no atual cenário brasileiro tem ocorrido um fenômeno inverso e o número de pessoas deixando o país é cada vez maior. Portanto, isso se deve especialmente ao desolamento social e político, além da busca por melhores oportunidades profissionais.


Partindo desse princípio, o primeiro ponto a ser ressaltado é o desolamento social e político, já que o inconformismo com os governantes e as políticas públicas é cada vez maior. Portanto, a falta de compromentimendo dos políticos, aliado aos escândalos de corrupção envolvendo diversos partidos, como revelam as investigações da "Operação Lava-Jato", encabeçada pela Polícia Federal, é um fator que deve ser levado em consideração ao analisar os motivos pela qual milhares de pessoas têm saído definitivamente da sua pátria rumando outros destinos. Desse modo, o resultado final é a insatisfação popular, falta de patriotismo e descontentamento político, e para comprovar tais afirmações pode-se usar como referência os dados divulgados pela Receita Federal que destacam a violência, instabilidade política e a baixa qualidade de vida como as principais causas da imigração brasileira.


Paralelamente, é passível de discussão a questão referente à busca por melhores oportunidades profissionais, afinal, a gande maioria desses indivíduos que tem buscado novos destinos é composta por Doutores, Mestres e profissionais graduados. Por conseguinte, o alvo principal é a América do Norte, e tudo isso tem a ver não somente com alguns incentivos como o "visto Einstein" que concede moradia permanente à portadores de diplomas e títulos universitários, como também está ligado à desvalorização científica no território nacional. Sendo assim, há resultados catastróficos para todo o país, como a limitação da produção científica juntamente à perda de profissionais de grande potencial intelectual, como enfatiza os gráficos divulgados pela Receita Federal: mais de 80% dessas pessoas possuem Ensino Superior ou títulos de graduação.


Dado o exposto, medidas devem ser tomadas para resolver o impasse. Por isso, o Ministério da Educação será responsável por implementar um projeto de cerimônias cívicas nas instituições de ensino, por meio de professores e colaboradores, a fim de abordar valores nacionais e patrióticos que desenvolvam tal sentimento por parte dos alunos para com o seu país, visando a formação de cidadãos naciolistas que tenham amor à bandeira e ao seu povo. Ademais, a população civil será responsável por manifestar-se através de passeatas e das redes sociais, com o objetivo de pressionar o Governo para a criação e políticas públicas mais eficientes que priorizem a população e a fomentem a produção científica, com o intuito oferecer qualidade de vida e maior representatividade política ao povo, assim como o progresso, por meio da ciência. Enfim, o Brasil obteria destaque entre as potências globais e contornaria tais problemas referentes à onda migratória, podendo tornar-se novamente um grande atrativo, como outrora fora para os europeus e asiáticos.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde