ENTRAR NA PLATAFORMA
Aumento da emigração de brasileiros

Desde os primórdios da humanidade, o Homo Sapiens emigra para diferentes continentes, de acordo com as condições disponíveis para sua sobrevivência. Hodiernamente, a emigração não desconectou-se de suas raízes, em busca de uma vida melhor e oportunidades de emprego favoráveis, os brasileiros tem enfrentado graves problemas. A dificuldade para obter estabilidade, empurra-os cada vez mais rumo ao exterior.


O Brasil encontra-se na 79ª posição em IDH entre os demais países do globo, a carência de moradia, alimentação e educação, indispensáveis para um vida saudável, são os principais responsáveis por esse número, e logo, pela debandada internacional. Segundo o censo do IBGE, realizado em 2017, 50 milhões de brasileiros estão na linha da pobreza. Tais dados, revelam a alarmante situação em que o país está inserido.


Ainda, é perceptivel que a taxa de desemprego registrada em 2019, chegando a 12%, soma um total de 13 milhões de desempragados. Esse fator, diretamente ligado ao êxodo, decorre à ausência de opções de trabalho, que inviabiliza a permanência em solo nacional e força a busca à fora. Assim, faz-se urgente uma repostura da base empregacional.


Em análise aos itens discursados, cabe ao Governo Federal, na forma do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão; elaborar ações que disponibilizem melhores condições de vida para a população, através de investimentos em infraestrutura e ajuda finaceira via programas sociais que combatam a pobreza. Juntamente com a inicativa de empresas privadas e ONG´s, que por sua vez, devem proporcionar a criação de vagas de emprego, como também qualificação adequada, afim de evitar a emigração e manter o espírito nacionalista vivo.


Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde