O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Assédio por intrusão (stalking)

 Promulgada pela ONU em 1948, a Declaração Universal dos Direitos Humanos garante a todo indivíduo o direito à segurança e bem-estar social. No entanto, quando se observa o assédio por intrusão no Brasil, hodiernamente, verifica-se que esse documento é constatado na teoria e não desejavelmente na prática, seja pela falta de leis e punições mais rigorosas, seja pelos extremos que os casos podem chegar.  


  É indubitável que o Brasil não está totalmente preparado para lidar com um tema como o stalking, já que segundo dados do SOS Mulher mais de 1,7 mil casos foram relatados, mas pouco se fez sobre o assunto devido a lacuna da lei. Dessa maneira, percebe-se que a falta de uma punição justa e severa faz com que os casos aumentem e também a confiança dos criminosos que praticam tal ato e acabam saindo impunes e em busca de mais vítimas.


 Outrossim, destaca-se o fato de que a prática do assédio por intrusão pode chegar em níveis absurdos, como mostra a série “You” em que o personagem principal começa uma perseguição exagerada atrás de uma jovem que está interessado, o que resulta assim em uma grande tragédia. Seguindo essa linha de pensamento, observa-se que a invasão de privacidade vai muito além de uma infração, pois existem inúmeros casos que se tornam verdadeiros extremos e chegam a situações desastrosas.


  Infere-se, portanto, que medidas são necessárias para resolver o impasse, O Ministério da Cidadania juntamente com órgãos televisivos devem divulgar os perigos da superexposição na internet, por meio de comerciais, cartazes informativos e panfletos. Resultando em mais cidadãos conscientes de que nem tudo deve ser divulgado, pois existem inúmeros indivíduos de má fé. Além disso, o Congresso Nacional deve aprovar mais leis que punam de forma adequada esses criminosos, com multas altas e prisão para os casos que necessitem, para que assim as pessoas que passam por isso tenham mais consciência de que podem denunciar pois estarão livres e seguras.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!