O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Assédio por intrusão (stalking)


Assédio é uma perseguição insistente e inconveniente que tem como foco um grupo ou uma pessoa específica. Com o advento das redes sociais, o assédio que antes atuava na vida física ganha, agora, espaço na vida virtual. Diante disso, surge o assédio por intrusão ou Stalking, como é conhecido, que é na verdade uma denuncia de que estamos vivendo em um grande programa de show de realidade onde cada passo do outro é importante e por isso deve ser conhecido e vigiado, isso é, a nossa tecnologia superou a nossa humanidade e o convívio social vem sendo pautado em uma grande inconveniência.


Em primeiro plano, é possível afirmar que a vida na internet se porta como uma grande vitrine cuja sua exposição está aberta para qualquer público, dessa maneira as práticas de ‘’vigilância’’ ou simplesmente assédio não são tão difíceis de acontecer. Diante desse cenário o pensador Michel Foucault defende que na sociedade somos constantemente vigiados seja na escola, no trabalho ou até mesmo dentro de casa, ou seja, a prática que hoje conhecemos como stalking nada mais é do que reflexo de uma sociedade que tem suas relações pautadas em um grande patrulhamento ou melhor em práticas insistentes e inconiventes.


Analogamente, vê-se que a questão do assédio por intrusão também se manifesta na literatura por meio da obra ‘’ 1984’’ do escritor inglês George Owrell. No livro, a presença de teletelas e câmeras por toda parte denuncia uma sociedade movida pela falta de privacidade e vigilância excessiva. Essa postura tomada pelo Estado no livro é adotada por muitos indivíduos na vida real e de que maneira essa prática pode ser evitada senão ampliando projetos de leis já existentes e tornando as leis que se relacionam ao ambiente virtual mais severas?


Em suma, apesar de ser uma prática individual o Stalking pode ser visto como uma doença social e portanto o Estado, sendo o órgão responsável por garantir o direito e a segurança de seus cidadãos, deve investir em projetos por meio da ampliação e elaboração de leis que tornem o stalking crime – o que já é uma realidade em muitos países – para que assim as vitimas dessa patologia possam se sentir protegidas.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!