O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

As novas configurações da família contemporânea no Brasil

Formas de amar


Ao longo do tempo a configuração de família foi se transformando, famílias homoafetivas, mães e pais solteiros, famílias que preferem não ter filhos, famílias que têm filhos adotados. A sociedade ainda tem grande preoconceito para com as essas novas configurações de famílias, porém a justiça garante seus direitos civis, além de que essas famílias devem ser respeitadas da mesma forma que as outras.


As transformações nos valores morais e éticos, as mudanças no mercado de trabalho, e nos direitos de cada indivíduo, tem levado essas famílias mais longe. Hoje se tem o divórcio, que possibilita um casal de se separar e possa formar uma família com outra pessoa que deseje. Antigamente o casamento era apenas entre casais heterossexuais, além de ser uma obrigação perante a sociedade, as mulheres não podiam trabalhar, as únicas tarefas que tinham eram cuidar do lar e dos filhos, mas hoje em dia esse cenário está totalmente transformado, as mulheres preferem conquistar seu sucesso profissional e independência financeira, e depois cogitam a ideia de formar uma família. A preferência de muitos casais de terem apenas um filho, ou então não terem filhos, levou o Censo de 2010 registrar a media de filhos sendo 1,9 por casal, uma média muito baixa comparada com os anos anteriores. Os casais homoafetivos tem sua união reconhecida pela justiça e pela sociedade, levando assim a prevalência dos direitos individuais.


Precisa- se de mais avanços nas discussões sobre as novas famílias, ensinar as crianças nas escolas que se tem a liberdade de formar a família que desejar, e que não se deve ter preconceito, e sim uma mente aberta. O governo deve intervir nos meios de punição aos preconceitos, tomando medidas mais eficazes, conscientizar as pessoas, promovendo mais visiabilidade para as famílias.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!