O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

As altas taxas de feminicídio no Brasil

São Tomás de Aquino acredita que todos os indivíduos devem ser tratados com a mesma importância. Entretanto, as altas taxas de feminicídio divergem ao pensamento do filósofo, uma vez que o sexo feminino é vítima de violência constantemente. Nesse sentido, torna-se evidente a insuficiência de leis, além da impunidade para esses crimes.
 
Em primeira análise, a carência de legislações é um fator determinante para a persistência do problema. Conforme Aristóteles, a política tem como função preservar o respeito entre as pessoas de uma sociedade. Contrariamente, no Brasil, os feminicídios não encontram amparo político essencial para serem resolvidos, assim atrapalhando o seu fim.
 
Em segunda análise, a impunidade também mostra-se como um grande impasse para a solução do problema. Nessa concepção, a visão de Martin Luther King de que “a injustiça no lugar qualquer é uma ameaça à justiça em todo lugar” encaixa-se neste contexto. Desta forma, consequentemente tem-se a propagação da injustiça e o predomínio da sensação de insegurança feminina em relação a essa brutalidade.
 
Sendo assim, é indiscutível que medidas sejam tomadas. Para esse fim, é preciso que o Ministério da Justiça realize punições aos agressores, através de prisão provisória dos indivíduos e rápido andamento dos processos de investigação, com a finalidade de garantir que o contexto da impunidade seja alterado. Deste modo, o país poderá combater essa criminalidade.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!