O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

As altas taxas de feminicídio no Brasil

Na obra Utopia, Thomas More fala sobre uma civilização perfeita, em que há ausência de conflitos e problemas. No entanto, a situação atual do Brasil é outra, uma vez que o machismo ainda está presente na sociedade, sendo ele a principal causa do feminicídio. De maneira análoga, esse fato contribui para a configuração de um cenário pernicioso, promovido tanto pela ineficácia da segurança da mulher, quanto pela cultura do patriarcado, que precisa ser contornado o quanto antes.  
A priori, é indubitável que o estado como agente principal da problemática. Ocupando atualmente a posição de 8ª economia mundial, seria lógico pensar que o Brasil possui uma segurança pública de qualidade. Contudo, os dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) não confirmam o mesmo, já que, entre os anos de 1980 e 2013, 106.093 mulheres foram assassinadas. Desse modo, é perceptível uma insuficiência no que se diz respeito à qualidade de vida do país, agindo contra os princípios da obra de More. 
A posteriori, é necessário pontuar o valor que a cultura do patriarcado exerce sobre a sociedade brasílica. Desde a antiguidade, o homem predomina em funções de liderança, privilégio social e controle das propriedades, deixando a figura feminina em segundo plano. Tal fato reflete na atualidade e pode ser visto em vários setores, como na ausência da mulher dentro da política, posto que existe apenas uma figura feminina que ocupou a presidência por meio de votos públicos na história do país, por exemplo. Dessarte, a figura da mulher é desvalorizada, e é dever do estado mitigar o problema. 
A luz do exposto, é improrrogável que a figura da mulher seja exaltada para termos uma sociedade integra. Desta forma, é necessário que o MEC (ministério da educação) crie projetos nas escolas de ensino fundamental contra a violência, em especial da mulher, e a favor da valorização da pessoa pelas qualidades, e não pelo seu gênero, por meio de palestras, fazendo as crianças refletirem sobre isso, criando assim uma geração mais homogênea em relação às oportunidades. Assim, o machismo impregnado na população irá diminuir gradativamente, abaixando também as taxas de feminicídio, e o Brasil caminhará para uma realidade equivalente à utopia de more. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!