ENTRAR NA PLATAFORMA
As altas taxas de feminicídio no Brasil

Vive-se, em uma sociedade globalizada, que passou por um grande avanço tecnológico e possui fácil acesso à novas informações. Apesar do enriquecimento no mundo globalizado, muito se discute sobre as altas taxas de feminicídio no Brasil. O feminicídio é um problema social, a qual deve ser resolvido por meio de investimentos do governo na educação e na segurança das mulheres.


Um levantamento foi divulgado pela a folha de São Paulo, com base na pesquisa do docente Jefferson Nascimento, da Universidade de São Paulo (USP). A pesquisa aponta que, 71% dos crimes foram cometidos por parceiros ou ex-parceiros das mulheres assassinadas. Apenas em janeiro desse ano, 119 mulheres morreram e 60 sofreram tentativas de feminicídio no Brasil. Vale ressaltar-se que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de assassinatos no Brasil chega a 4,8 para cada 100 mil mulheres. O Mapa de Violência de 2015 aponta que, entre 1980 e 2013, 106.093 morreram por sua condição de ser mulher.


De acordo com o filósofo Immanuel Kant, "O ser humano é aquilo que a educação faz dele". Dessa forma, é necessário que o governo promova para as escolas um lugar de sociabilidade e integração das pessoas. Além disso, as escolas devem ser o principal caminho de investimentos do governo para abordar o tema de feminicídio no país, e ser a principal auxiliadora sobre esse problema social.


Assim sendo, compete ao Ministério da Educação, inserir na matriz curricular estudantil, aulas e palestras como combater as taxas de feminicídio no Brasil. Ademais, o público alvo dessas aulas devem ser para os meninos, e a incentiva-los a não cometerem violências contra as mulheres. Além do mais, fica responsável ao Ministério de Segurança Pública em parceria com a Lei Maria da Penha; intensificar esforços na luta contra ao crime de feminicídio e tornar as leis mais rígidas como: detenção, e indenização a vítima. Por fim, compete ao governo a criar campanhas midiáticas governamentais, e incentivar a população por meio dessas campanhas a denunciar os casos de feminicídios.


Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde