ENTRAR NA PLATAFORMA
Ansiedade: a doença dos millennials
A ansiedade é considerada uma patologia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e é definida como um distúrbio de saúde mental caracterizado por sentimentos de preocupação ou medo tão fortes que interferem no dia a dia da pessoa. Segundo esse mesmo órgão, 33% da população mundial sobre dessa doença, sendo comumente relacionada com a geração Y. Nesse contexto, deve-se entender essa relação, as causas e as consequências da ansiedade.
Em primeiro plano, é necessário considerar a origem de tanta ansiedade nos millennials. Essa geração nasceu no mesmo período do início da Terceira Revolução Industrial que é caracterizada pela internet e pelo mundo digital. Nesse sentido, foram criados com a tecnologia e com a facilidade proporcionada por ela, como também pelos recursos que servem para, de modo geral, deixar o mundo mais instantâneo. Desse modo, acostumaram-se com a tecnologia e com imediatismo, não sabendo lidar com as possibilidades e a demora.
Os motivos da ansiedade nesse grupo estão relacionados com o fato de serem nativos digitais, apresentando consequências. A internet, tão habitual a eles, os distraem a ponto de aumentar a improdutividade e impedir que ocorra o desligamento mental dela, o que, por sua vez, prejudica o sono e aumenta ainda mais a ansiedade. Essa patologia também se reflete nas relações interpessoais, pois, de acordo com a teoria da Modernidade Líquida de Zygmunt Bauman, busca-se somente o prazer imediato sem se preocupar com o longo prazo. Dessa maneira, nota-se a presença de um ciclo ansioso.
Fica claro, portanto, que a ansiedade é intrínseca a geração Y devido a criação com a tecnologia. Dessa forma, é necessário diminuir seus efeitos para melhorar a qualidade de vida. Para isso, os millennials devem, primeiramente, procurar acompanhamento psicológico para aprenderem a lidar com esse sentimento, quando em excesso, e reservar um período do dia sem qualquer tecnologia para se desligarem dela. Somado a isso, deve-se buscar mecanismos para acalmar, como yoga e exercícios físicos, por exemplo. Só assim a ansiedade deixará de ser característica desse grupo e a qualidade de vida melhorará.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!
Message comes here!
Aguarde