O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Ansiedade: a doença dos millennials

   A partir da Revolução Indústrial, diversos povos passaram por profundas transformações não só econômicas como, principalmete sociais. Embora a sociedade hodierna apresente contornos específicos, ainda é possível visualizar o legado presente na doença dos millennials, a ansiedade. Nesse sentido, evidencia-se a necessidade de promover melhorias acerca dessa temática, atestada pela lacuna de representatividade científica, além da escassez de conhecimento social sobre a patologia mental comentada. 


   Em primeiro plano, é convencional salientar a falta de representação do estudo científico concernindo os efeitos negativos trazidos pela doença, como causa latente na complexidade do quesito. De acordo com o antropólogo Mantegazza, a ciência é o melhor instrumento para medir a ignorância humana. Nessa perspectiva, a pesquisa científica é essencial para diagnosticar problemas e chegar em seus detalhes, como é o caso da ansiedade, já que é existente grande massa acreditadora que mal como esse é  insignificativo. Pórem, como não há uma boa base de investimentos em tecnologia de informação, particulamente ao que tange a doença do millennials, dificulta-se sua erradicação.


   Além disso, como consequência do fato citado anteriormente, surge a escassez de conhecimento social sobre a patologia mental, terra fértil no assunto abordado. Segundo a defesa do filósofo Shopenhauer, os limites do campo visionário de uma pessoam determinam seu entendimento a respeito do mundo. Sob essa ótica, caso a sociedade não tem acesso à informação seria sobre a doença ansiedade e os diversos males atrelados à ela, sua visão será limitada, tornando mais complexa sua solução.


   Portanto, diante dos fatos conflitantes relativos à temática discorrida, faz-se imperativo desenvolver medidas estratégicas capazes de assegurar a resolução do obstacúlo. Sendo assim, cabe as Escolas, promover um espaço destinado a roda de conversa e debate sobre as complicações fomentadas pela ansiedade e como lidar com esse problema. Tal ação pode ocorrer no período extaclasse contando com a presença dos professores e psicólogos especialistas no assunto, a fim de que mais pessoas compreendam questões referente à doença dos millennals. Ademais, eventos como esse deverá ser abertos a toda família e comunidade, para ampliar sucessivamente o conhecimento acerca da constentação. 

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!