O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Ansiedade: a doença dos millennials

A Terceira Revolução Industrial inseriu a alta tecnologia não somente nas relações de trabalho, mas também no dia-a-dia das pessoas. Esse novo panorama aproximou as pessoas através das redes sociais, e otimizou vários processos na cadeia produtiva e logística das indústrias, criando empresas hiperprodutivas. Contudo, percebe-se uma crise de ansiedade na geração Y, oriunda do uso excessivo das redes sociais e da exigência por hiperprodutividade.
Em primeiro lugar, ressalta-se que a exposição da vida nas redes sociais cria uma competição de "quem é mais feliz". As fotos, vídeos e mensagens contantes, simulam uma vida perfeita, e as comparações inevitáveis entre os usuários reverberam no bem-estar do indivíduo, lançando-os numa ansiedade crônica. Nesse contexto, o indivíduo fica à mercê do julgamento do outro, esperando uma "curtida" para validar suas experiências, nesse interim, reside na agonia da necessidade por aprovação, pois como afirma o filósofo francês Michel de Montaigne: "a tranquilidade depende do desprendimento em relação à opinião alheia".
Além disso, a exigência das empresas por produtividade torna o indivíduo escravo do próprio trabalho. Diante disso a pessoa se vê coagida a produzir a todo momento, trocando o tempo de lazer por mais trabalho, o que cria indivíduos esgotados emocionamente e ansiosos, e essa ansiedade muitas vezes se desenvolve para uma depressão. Dados da Secretaria da Previdência, em que 2 em cada 10 afastamentos por transtornos mentais são atribuídos à ansiedade, evidenciando a gravidade da crise de ansiedade devido à hiperprodutividade.
Diante dos fatos supracitados, faz-se necessário que o Governo invista na educação das pessoas no que tange à importância do contato humano e da redução da exposição da vida nas redes sociais, utilizando para isso as próprias redes socias,televisão e "outdoors", com intuito de driblar os efeitos nocivos da ansiedade oriunda das redes sociais. Ademais, é imperativo que as empresas contratem psicólogos que determinarão atividades lúdicas com toda equipe, a fim de reduzir, e se possível eliminar, a ansiedade inerente à hiperprodutividade, e quando necessário oferecer suporte individual ao funcionário que precisar de medidas corretivas em relação à ansiedade. Dessa forma, a ansiedade que domina a geração Y será mitigada, e somente os pontos positivos da tecnologia da Terceira Revolução industrial na sociedade permanecerá.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!