O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Animais em cárcere

O respeito à vida
Enclausurar, deixar com fome, agredir, causar sofrimento e dor e, na maioria das vezes, depois de muito agonizar, permitir que a morte o leve. Essa é a vida e o fim de muitos animais que se encontram aos cuidados do homem mundo afora. No Brasil, tem crescido a discussão, nas esferas sociais, sobre os maus-tratos animais seja pelo aumento do número de registros e divulgações ou pela indignação daqueles que, independente da forma, primam pela vida.
Com o advento da internet e a sua associação direta com os ?smartphones?, é possível registrar e postar, em tempo real, imagens e vídeos de diversas naturezas. Atualmente muitas pessoas que são a favor de uma vida digna, não só para seres humanos, mas também para animais, denunciam atitudes monstruosas por parte de humanos (porque esses não devem ser considerados Seres) publicando mídias das barbáries cometidas. O que acontece em seguida é uma discussão acalorada sobre o fato e, muitas vezes, isso resulta em ações e medidas que contribuem para punir os agressores na forma da lei.
Outrossim, cresce, também no Brasil, o número de ativistas que defendem a vida dos animais. O Homo sapiens não é a referência vital do Planeta Terra. Muitas espécies já estavam aqui bem antes da evolução darwiniana ser aceita. Exilar, torturar, manter presa ou matar uma pessoa, são crimes hediondos e inaceitáveis pela sociedade, mas isso acontece com frequência com os animais, neste exato momento alguns milhares podem estar morrendo no Brasil. Será que temos o direito de subjugar outras espécies para satisfazer os nossos caprichos? Não! A vida não é um bem material, não é justo decidir o que, quando, quanto, onde e como um animal vai comer, de que forma ele deve viver e, em hipótese alguma, se valer da força e da situação para castigar o ser vivo que já foi privado do seu bem mais precioso ? a liberdade.
É imprescindível, portanto, que a população brasileira, por meio de campanhas, denúncias, passeatas, manifestações virtuais, cartas, dentre outras, lute contra os maus-tratos animais a sua manutenção em cárcere e cobre do Judiciário medidas que façam valer a lei prevista na Constituição Federal, como aumentar a fiscalização e destinar maior atenção e verba para os casos, por exemplo. As escolas, universidades, ONG?s e grupos voluntários podem se unir e somar forças para levar informações aos mais variados municípios brasileiros no intuito de promover a conscientização das pessoas e deixar claro que a vida de outras espécies não tem menos importância do que a nossa. Ademais, os princípios e valores que formam um cidadão ético e digno devem ser passados pelas famílias para as crianças através do diálogo, dos exemplos, da afetividade, amor, cuidado e carinho. É na convivência harmônica e respeitosa que repousa a sustentação do futuro de todos os seres vivos que coabitam a Terra.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!