O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Animais em cárcere

Frequentemente vemos no Brasil manifestações culturais que colocam o
animal como objeto lúdico e interativo. Essa manipulação ?histórica? feita
pelo animal homem tem o seu barbarismo discreto e por isso é pertinente.
As representações simbólicas que expressam os diversos tipos de linguagens
em cada sociedade humana têm como objetivo comum manifestar a sua cultura.
Porém essas expressões, muitas vezes, representam equívocos danosos a natureza
que envolve e coparticipa das nossas relações cotidianas. Na Roma antiga, o Coliseu,
era palco de entretenimento tanto ao governo, quanto aos cidadãos por meio de práticas
selvagens entre animais, sendo o estopim da euforia o derramamento de sangue causado
pela morte do animal. Conferindo que havia sofrimento, mas independentemente disso
um estado de representação simbólica que tornava latente a emoção que ocorria; enquanto
no brasil, ainda vemos praticas hostis semelhantes, como a farra do boi no sul e a briga de
galo perpetuada no país inteiro. Essa popularização; explica, mas não justifica os atos cruéis.
Visto que toda cultura é reprogramável, precisamos reestruturar a nossa própria relação com
os outros animais, revelando maior respeito com a natureza.
Para isso, é necessário criminalizar todo o tipo de manipulação com animais ?comprometedoras
à vida? a um fim interativo. A esferas governamental e municipal devem propor uma linha
telefônica específica para que hajam denúncias rápidas e efetivas, punindo os criminosos. Outra
medida necessária a fim de haver mudança cultural é a enfatização do problema nas disciplinas
escolares quando se falar em animais. Só assim viveremos em uma sociedade mais harmônica,
em que os seres humanos se enxergarão a natureza como parte de um todo.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!