O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Animais em cárcere

Rio: o filme é uma animação que narra a história das duas últimas araras azuis que precisão procriar para manter a espécie. Apesar de toda a romantização podemos subtrair a crítica feita no filme sobre animais em cárcere. Blu, a arara macho, vivia em Minnesota - EUA, para onde foi levada depois de ser capturado ainda filhote, era totalmente domesticado e não sabia voar. No filme, Blu aparece feliz em sua vida em cárcere, porém isso não acontece na realidade.

Além do filme Rio, outro exemplo que mostra animais em cárcere felizes é a novela Caras & Bocas, na qual há um chipanzé pintor que havia fugido do circo por ser mal tratado. No entanto, por mais bem tratado que o animal seja um ambiente doméstico não consegue suprir suas necessidades tanto físicas quanto mentais como, caçar, marcar território, selecionar alimentos, interação com outros membros da espécie.

Ainda no ramo de entretenimento, os zoológicos são bastante visitados, pois é um ligar onde podemos ver animais selvagens e exóticos sem correr perigo. Muitos defendem esses parques e institutos de pesquisas por serem lugares onde se pode tentar recuperar uma espécie em risco de extinção. Entretanto, mesmo no encarceramento mais sutil os animais não deixam de sofrer, pegando o exemplo do texto ?Animais no cárcere? do site Zooteologia, onde fala de um elefante, um animal grande e bastante sociável é colocado em um espaço pequeno e sozinho.

Em síntese, o cárcere de animais não é bom em nenhum aspecto. Logo, medidas de combate a essa pratica devem ser promovidas pelo IBAMA e demais órgãos estaduais relacionados aos animais através de campanhas, fiscalização e aplicação de multas. Simultaneamente deve haver a conscientização da condição de animais silvestres e que estes não podem viver presos, esta intervenção deve partir das diversas fundações de direitos aos animais e ser difundida nas escolas através do conhecimento das espécies, por meio de leituras, palestras e documentários.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!