O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Animais em cárcere

Biossocial
É muito comum, em festas municipais, a chegada de circos que exaltam o espetáculo como forma de entretenimento. No entanto, os animais utilizados, muitas das vezes, passam por restrições de liberdade, alimentícias e sociais que acabam por degradar a sua essência de viver. Dessa forma, exemplifica-se que processos de cárcere de animais acontecem pela normatização da dominação humana sobre os demais seres vivos.
É importante pontuar, de início, que a falta de transmissão de valores contribuem para a permanência desse mal. Nesse contexto, os ideais éticos e morais, contemplados por Immanuel Kant e Georg Hegel, respectivamente, recebem o maior foco, uma vez que o primeiro está atrelado a ideia de suas ações serem controladas pela bondade, enquanto o segundo está relacionado ao dever que cada indivíduo possui de respeitar as diferentes bondades, isto é, criar um padrão de ações que são consideras legais. Dessa forma, tais conhecimentos formariam uma pessoa crítica e capaz de repensar suas ações.
Além disso, a desculpa do progresso é utilizada como argumento de barbáries. Nesse âmbito, Os animais são utilizados no campo farmacêutico para testes de medicamentos sem ter a ideia dos efeitos colaterais. Nas indústrias alimentícias não é diferente, vivem presos apenas para engordar e serem abatidos. No setor de entretenimento ainda é visto tal exploração, uma vez que é utilizado a exibição de animais que foram retirados de seus habitats e, consequentemente, de seu clima, convívio social, liberdade de ir e vir, seletividade dos alimentos e dentre tantos outros fatores que proporcionam uma depressão do ser. Dessa maneira, comprova-se que o simples fato do homem poder dominar os demais seres vivos não resulta em ser o mais justo.
É evidente, portanto, que medidas devem ser tomadas para resolver esse impasse. Nessa vertente, o ministério da educação, em parceria com a rede privada, deve promover a compreensão de valores sociais nas escolas, garantindo-se a conscientização de Immanuel Kant:" O homem é aquilo que a educação faz dele". Além disso, o judiciário deve criar leis que previnam e punam ações que degradam a integridade do ser vivo, além do executivo fiscalizar para coibir a exploração animal. Dessa forma, a classificação entre seres racionais e irracionais não geraria nenhum impacto negativo à sociedade.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!