O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Altruísmo no mundo contemporâneo

De acordo com noticias recentes em jornais e revistas a filantropia e voluntariado crescem em todo o mundo. Estes movimentos podem estar ligados ao fato do também aumento implícito de pessoas altruístas que a cada dia se juntam a correntes do bem espalhadas em diversos pontos do planeta ou agem individualmente em sua rotina. Neste contexto há de se observar que as causas dos comportamentos humanos são muitas e complexas até mesmo para a ciência. Assim o altruísta é aquela personalidade que, mesmo em meio ao caos dos dias atuais, violência, egoísmo, comodismo, extremismo e outros "ismos", se importam profundamente com o semelhante e têm atitudes positivas em relação a estes, ao modo e meio em que vivem. Dessa forma vão além da generosidade ou solidariedade, agindo de modo a beneficiar o seu próximo, sua comunidade ou raça, até mesmo com sacrifícios próprios, independentemente de reciprocidade. Aqui há de se lembrar que existem dois tipos de altruísmo, segundo a ciência: o biológico ( da natureza) e o psicológico ( comportamental do ser humano) .
No eusocial da natureza temos exemplos do altruísmo biológico nas abelhas e formigas. Estas quando necessário sacrificam-se para a defesa e bem estar de suas colônias. Existem também plantas, como um tipo de palmeira que floresce depois de cinquenta anos para em seguida sacrificar-se e gerar sementes para o novo ciclo do tipo. A natureza age puramente por instinto de sobrevivência e perpetuação da espécie.
Já no altruísmo psicológico, as pessoas fazem o bem por senso de justiça, moral, social, cidadania ou empatia com relação ao outro. Aqueles que o são, agem assim o tempo todo, não apenas quando situações os exigem. Estas pessoas olham além dos próprios interesses e necessidades, para incluir e contribuir com as de estranhos. De fato, temos os exemplos dos doadores de sangue, orgãos e medula óssea, os profissionais que atendem certos dias da semana de forma gratuita aos carentes e necessitados, as pessoas que plantam árvores e cuidam do meio ambiente pensando nas futuras gerações.
Contudo, no ser humano pode-se ver um comportamento similar ao das formigas bombas, que explodem liberando o veneno no inimigo, naqueles que têm em suas raízes o extremismo fundamentalista e o fazem para ratificar suas ideias e ideais com ações totalmente inversas ao altruísmo. Por isso é tão complexo entender a dimensão dos múltiplos comportamentos do homem.
Então conclui-se que o ser altruísta movimenta-se no pró-social, agem de forma automática , seja suicidando-se agarrado ao inimigo para defender a colônia, seja escalando um prédio para salvar um desconhecido. Portanto, se a sociedade, a humanidade, deseja a longo prazo estimular e ampliar o pensamento altruísta, deve-se cuidar da formação e orientação social/pessoal intra e extrapessoal dos indivíduos, para que tenham estruturas e valores além da base piramidal. Pois, em um mundo em que se tem problemas tanto globais como locais, fazer algo com abrangência de olhar, para torna-lo melhor tem o significado de evolução da raça.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!