O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Aedes aegypt

Uma catraca foi exposta em uma praça de São Paulo por um grupo artístico denominado ¨Contra Filé¨, em julho de 2004.
Segundo seus criadores, a catraca representa todas as formas, visíveis e de segregações. Portanto, a questão Aedes aegypti
no Brasil também apresenta ser uma catraca, já que a falta de saneamento básico e o uso de fumasse tem contribuído na
proliferação dos insetos.
Em primeiro lugar, a alta incidência de vírus da Aedes aegypti está relacionada á falta de saneamento básico nos bairros,
como, disponibilidade de rede de água, esgoto e coleta de lixo. Dos 48 municípios com riscos e surto de doença, 68% tem
menos da metade das casas com acesso a higienização adequado, levantamento feito pelo Ministério da Saúde. Sendo que,
por lei Federal de Saneamento Básico e obrigatório a população ter coleta, manejo de água e entre outros direitos.
Em segundo lugar, a utilização indiscriminada de fumasse contribui para proliferação, dar resistência e não obtêm resultado
na eliminação dos insetos. Além disso, as pessoas que inalam o inseticida, tem sintomas como dor de cabeça, tremores no
corpo e falta de ar.
Em decorrência disso, cabe o Poder Público a tarefa de reverter esse quadro. As Prefeituras, por lei devem colocar saneamento
básico em todos os bairros. O Governo Federal em parceria com as Escolas, juntos devem buscar se organizar para conseguir
melhorias na sociedade, deve conscientizar, por meio de palestra a importância de cada um fazer sua parte no combate do
Aedes aegypti. Desse modo, o indivíduo terá as condições necessárias para amenizar as catracas que são conferidas diariamente
no seu cotidiano.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!