O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Aedes aegypt


Com as grandes navegações, navios europeus foram a inúmeros lugares do globo. Quando as embarcações vinham da África com os escravos, há relatos de que o mosquito Aedes aegypt veio nos navios, principalmente, nos barcos portugueses. Logo, esse mosquito chegou ao Brasil, e a partir desse momento iniciou seu novo ciclo de vida.

Doenças como Dengue e Zika vírus são transmitidas por esse mosquito. Muitas pessoas quando pegam uma dessas enfermidades, não vão aos hospitais para se tratarem, fazendo com que essas doenças, principalmente, a Dengue se prolifere nas cidades.

No entanto, existem muitas campanhas nas mídias de combate ao mosquito, mas vários cidadãos não ligam. Há pessoas que não fazem o mínimo para ajudar a combater o mosquito. Colocar areia nos vasos de plantas, cobrir caixas com água, deixar as garrafas viradas e derramar a água dos pneus velhos são atitudes que todos deveriam fazer, porém algumas pessoas não as realizam.

Portanto, medidas são necessárias para resolver o impasse. As escolas, igrejas e o Governo Federal têm que investir nas comunidades. Deve haver palestras todos os anos nas escolas, igrejas e comunidades a respeito de como combater o Aedes aegypt, e as mídias sempre fazer campanhas e não somente nas épocas das chuvas. Dever existir mais investimentos em pesquisas, nas quais cientistas elaborem meios de acabar com as populações de fêmeas desse inseto, pois é ela que é o vetor que transmite a Dengue, Zika vírus, Febre Amarela e Chikungunya.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!