O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Ações para o uso racional de medicamentos

O defunto autor, de "Memórias póstumas de Brás Cubas", ao preparar para si mesmo um emplasto, morreu. Esse personagem, de Machado de Assis, representa a realidade de muitos brasileiros que se arriscam com a automedicação, devido ao fato de não encontrarem amparo no sistema público de saúde, e das influências da indústria farmacêutica que corroboram com essa prática.
De início, para o uso racional de medicamentos, o Sistema Único de Saúde (SUS) deve ter seus serviços ampliados, de modo que o indivíduo encontre atendimento especializado sempre que precise, não havendo necessidade de que esse se submeta à automedicação. Logo, os governantes devem assumir a responsabilidade defendida por Aristóteles, em sua obra "Ética a Nicômaco", a qual pressupunha que a política deve servir para o bem estar social, o que implica, nesse caso, em garantir o atendimento da população nos serviços de saúde.
Outrossim, há interesses econômicos que induzem o homem a se automedicar. Assim, ao notar a grande circulação de propagandas de remédios variados, que servem de gripes à cólicas, a indústria farmacêutica exerce pressões que determinam as ações do indivíduo, fazendo-se da automedicação um fato social, pois, de acordo com a definição de Durkheim, esses fatos adquirem autonomia na sociedade, ao ponto que os cidadãos agem sem refletir. Dessa forma, para o uso consciente dos medicamentos, a publicidade deve mencioná-los como assunto de saúde, não como mercadoria.
Convém, portanto, que o Ministério Público envie mais verbas para o Ministério da Saúde equipar e construir hospitais municipais, de forma que a orientação medica promova o uso consciente dos medicamentos. Ademais, a Câmara dos Deputados Federais deve elaborar uma emenda constitucional que imponha a sinalização dos efeitos colaterais dos medicamentos em suas embalagens, assim como ocorre em cigarros, a fim de se reduzir as pressões do meio social que levam o indivíduo a se automedicar.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!