O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

Ações para o uso racional de medicamentos

Podemos ver na série americana "Doutor House" o espelho do uso irracional de medicamentos. Na série, o protagonista se vicia por medicamentos não prescritos por um médico para aliviar a dor na perna, por consequência, ele é levado a uma clinica de reabilitação de viciados. No Brasil, a automedicação pode ser justificada pela dificuldade no acesso a hospitais, porém o brasileiro é desinformado aos efeitos colaterais destes medicamentos.
A expressão "jeitinho Brasileiro" pode ser aplicada na prática em relação ao tema. Com o difícil acesso a consultas médicas, a população busca na automedicação uma alternativa rápida de curar a dor, más lhe é ignorado o motivo que o levou a ter esse sintoma, portanto há a probabilidade de o remédio não ser eficaz. Logo, é recomendado o aval de um profissional da saúde para o auxiliar no medicamento correto
Além do remédio ter a possibilidade de não surtir efeito, seu uso irracional pode causar efeitos irreversíveis. O antibiótico por exemplo, é um remédio capaz de impedir o crescimento de microrganismos e bactérias que estão causando a infecção, seu uso indevido pode causar a resistência destes organismos, assim impedindo que o tratamento da infecção seja realizado futuramente. Além do antibiótico, outros medicamentos podem causar a dependência química e a intoxicação
Em virtude do que foi mencionado, é notório que a aplicação de medidas para o uso racional de remédios. A começar, é necessário a ampliação de unidades básicas de saúde, com o propósito de orientar o indivíduo ao medicamento correto. Também é preciso que a bula esteja com o medicamento na hora da compra, para obter-se informações sobre o melhor momento para utilizar o remédio. Estas propostas aplicadas a curto prazo vão ajudar a população a entender que remédio é coisa séria, assim evitando severas consequências iniciadas com apenas "uma dorzinha"
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!