O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A romantização da maternidade e a culpabilização da mulher

A romantização da maternidade e a culpabilização da mulher é uma problemática introduzida desde o nascimento na sociedade e isso resulta em uma série de mulheres fisicamente e psicológicamente esgotadas, e em homens que se sentem livres para não cumprir com as suas responsabilidades paternas.


Dessa forma, a série ''Good Girls'', produzida por Jenna Bans, exibe um trio de mulheres que entram para uma vida criminosa quando começam a não darem conta da maternidade, pela falta de companheirismo dos seus parceiros, apoio da sociedade e de verbas, assim elas arriscam suas vidas para dar o melhor para os seus filhos, embora seja apenas uma série isso retrata a realidade de muitos pais que não cumprem com os seus valores paternais pelo viés de que não é sua obrigação, gerando matriarcas sobrecarregadas.


Diante disso, o sentimento de insuficiência, tristeza e cansaço mental pode gerar problemas na saúde, e até mesmo depressão de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), pode ser análisado que não é saudável nem para a mãe nem para a criança que é criado no meio destes problemas, havendo em consequência uma família inteira abalada.


Mediante o exposto, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o Ministério da Educação, devem agir em conjunto nas escolas com o intuito de expor informações sobre as obrigações maternas e paternas, para proporcionar uma geração menos injusta com as mulheres, com menos culpabilização, que não reproduzam estereótipos machistas, por meio de campanhas e aulas de finais de semana, totalmente gratuitas em salas de aulas públicas para que alcance crianças e seus familiares, com isso os problemas como a romantização da maternidade e culpabilização da mulher seriam amenizados.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!