O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A reciclagem de lixo no Brasil

Segundo Sartre, filósofo francês, o ser humano é livre e responsável; cabe a ele escolher seu modo de agir. Logo com o avanço do capitalismo, recai sobre o homem o compromisso de tornar o mundo mais sustentável. Frente a isso, é perceptível que no Brasil o destino e a reciclagem do lixo é um dos grandes problemas sociais, visto que, um dos fatores que contribui para a persistência está no acúmulo, troca constante de produtos e o destino inadequado para o lixo.
Segundo o sociólogo polonês Zygmunt Bauman, a falta de rigidez nas relações sociais, políticas e econômicas e característica da "modernidade líquida" vivida no século XXI. Assim, é indubitável que o consumo sem consciência dos impactos ambientais caudados pelos acúmulos de lixos refletem essa realidade. Desse modo, a população muitas vezes também não tem conhecimento de como ocorre o descarte do lixo e sucessivamente sua reciclagem, a falta de orientação como poder ser percebida nas grandes cidades em relação a quantidade de lixos nas ruas e os alagamentos são frutos de descartes inapropriados da população.
Outrossim, de acordo com o Portal de Notícias da Globo (G1), 3% do lixo produzido no Brasil é reciclado. Destarte, um dos fatores que refletem esses dados, é a falta de investimento em métodos de reciclagem, já que, grande parte dos lixos são direcionados aos "lixões" que além de perigosos como o ocorrido em Goiânia, no maior acidente radioativo do mundo o césio-137, são meios não sustentáveis. De acordo com Aristóteles, a política deve ser utilizada de modo que, por meio da justiça o equilíbrio seja alcançado. Entretanto, esse equilíbrio está longe de ser alcançado, pois a falta leis mais rigorosas para punir o não cumprimento por parte da população e também do Estado por se manter falho, colabora para a persistência desse problema.
Infere-se, portanto, que o combate a esse impasse torna-se necessário.Sendo assim, o Governo Federal deve criar meios de coletas residências em colaboração com à Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental para garantir o descarte apropriado utilizando a prática de compostagem e também aterro controlado que é preferível ao lixão. Assim como, criar leis específicas para punir o uso de métodos inapropriados por parte de empresas e das pessoas em relação ao destino dos lixos,. De acordo com Immanuel Kant "o ser humano é aquilo que a educação faz dele ". Dessa maneira, investir na educação, na orientação e conscientização com a ajuda de biólogos e ambientalistas faz-se necessário. Ademais, desde que haja a parceria entre governo, comunidade e família, será possível amenizar os problemas ambientais, construindo um Brasil mais sustentável.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!