O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A questão indígena e a educação

O romance "O último dos moicanos", de James Fenimore Cooper, demonstra a desconfiança e perseguição dos americanos em relação ao índio Magua, o que resulta em opressão e intolerância por parte dos colonizadores dos EUA. na contemporaneidade brasileira, os indígenas sofrem com o preconceito social aliado à perda de territórios para produtores rurais. Logo, é primordial a análise do impasse com o intuito de mitigá-lo.


Em primeiro lugar, o "achar-se superior" está arraigado na sociedade brasileira, o que resulta no desprezo de algumas outras culturas. Durante a colonização lusitana no Brasil, os portugueses pensavam que os nativos necessitavam de serem civilizados, por isso os europeus os catequizavam ou os exterminavam, a fim de prevalecer a cultura portuguesa. Tal etnocentrismo se enraizou no território nacional, sendo esse, nocivo para a manutenção de costumes e tradições indígenas e etc.


Ademais, também é válido destacar que os índios tem muitas de suas terras tomadas por produtores agrícolas. A bancada ruralista presente no Congresso, implica erroneamente com as reservas indígenas, pois tais áreas não dão um retorno econômico para o Estado, o que as tornam um obstáculo para o investimento de grandes empresários. Na música de Renato Russo, "Que país é esse?", faz uma crítica à esta expansão ruralista, no trecho "vamos faturar um milhão, quando vendermos todas as almas, de nossos índios num leilão".


Destarte, percebe-se a intolerância com os indígenas possui raízes e urge mudanças. Portanto, o MEC deve conscientizar a população, através de publicidade virtual e panfletagem, a fim de atenuar o preconceito sofrido pelas comunidades indígenas. A partir disso, os habitantes do Brasil poderão fazer pressão na bancada ruralista para q sejam mantidas as reservas para os índios.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!