O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A questão da água no Brasil

"A água é matéria e matriz da vida, mãe e meio. Não há vida sem água". A frase so cientista Albert Szent-Gyorgyi, ganhador do Nobel de medicina em 1937, remete à importância do recurso hídrico. O Brasil possui uma das maiores redes hidrográficas do mundo, o que propicia para que seja um grande produtor agrícola. Contudo, utilizando 70% da água doce do país, a irrigação se dá de maneira descontrolada e desperdiçando quase metade do montante da água usada, mas por outro lado há uma iniciativa nacional com uma técnica de rega que tem por intuíto diminuir o uso desse recurso, o gotejamento.


Antes de tudo, a agricultura brasileira é a terceira maior do mundo e para manter esse status de referência, a irrigação se faz fundamental, pois há grandes períodos de seca em algumas regiões produtoras, como é o caso do MATOPIBA, união dos estados do Mato Grosso, Tocantins, Piauí e Bahia. A fim de garantir a alta produtividade durante todo o ano, os sistemas de aspersão são largamente utilizados, sendo esse sistema o mais utilizado no Brasil, com a dispersão da água simulando a chuva. A problemática em questão é o desperdício, porque o agricultor, muitas vezes não tem o controle necessário para que a perda da água seja evitada, segundo Agência Nacional de Águas (ANA) dos 7 trilhões de litros de água destinados à agricultura, cerca de 3 trilhões são desperdiçados.


Por outro lado, temos a região do vale do São Francisco, que une cidades como Juazeiro e Petrolina com a produção voltada principalmente à fruticultura. A produtividade na caatinga, é possível graças à tecnologia aliada ao agronegócio, com um sistema de irrigação por gotejamento, que permite segundo o site www.netafim.com.br um aumento da produtividade e uma redução do uso da água em até 60%. O gotejamento funciona pingando água diretamente no caule da planta, garantindo que a plantação tenha uma maior absorção dos nutrientes e da água. Além disso, o sistema de irrigação por gotas, apresenta um aproveitamento de 95 a 100% do recurso hídrico utilizado.


Portanto, para resolver a questão da água no Brasil, principalmente no tocante à agricultura, a Agência Nacional de Águas, deve aumentar a fiscalização para que ocorra a diminuição do desperdício. Concomitante a isso,  incentivos fiscais e propagandas devem ser implementados, além de estímulo para que outras técnicas de irrigação sejam adotadas, a exemplo do gotejamento. Para que dessa forma a produção agrícola nacional possa manter seu status de produtor mundial, utilizando menos água, pois só consciência e melhor administração dos recursos hidrícos, será possível produzir mais com menos impactos ambientais.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!