O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A questão da água no Brasil

De acordo com Tales de Mileto, a água é o recurso originário da vida. Hoje, por intermédio da ciência, essa afirmação do filósofo é comprovada. Entretanto, no Brasil, esse fluído fundamental é uma questão a ser resolvida, pois ele não é preservado de forma adequada devido à negligência do Estado e à falta de conhecimento das pessoas acerca da importância desse líquido.
A princípio, a ausência do governo em proteger esse elemento primordial da biosfera é uma das causas do problema. Prova disso foi o rompimento da barreira de Mariana, o qual poluiu grande parte da bacia hidrográfica da região, e impactou não só a fauna e a flora do estado de Minas Gerais, mas também a rotina dos cidadãos ribeirinhos dependentes da água para sobreviver, como os pescadores. Visto que, consoante o pensamento de Aristóteles, a política deveria promover a justiça social. No entanto, observa-se que essa teoria aristotélica permanece no âmbito da metafísica e não é praticado no país, por causa da ineficácia da fiscalização estatal em relação à proteção desse recurso.
Vale ressaltar, também, que desconhecimento do ser humano colabora com esse impasse intrínseco à realidade brasileira. Isso, conforme o Mito da Caverna de Platão, de que a verdade é ofuscada pela ignorância, ocorre porque as pessoas não são ensinadas sobre a magnitude de se manter intacta as redes hídricas da nação. Um exemplo atual são os despejos de lixo no rio Tietê, da cidade de São Paulo e, por consequência, a sua poluição. Dessa forma, como a educação influi sobre toda a vida e determina o bem-estar social, medidas educacionais far-se-ão essenciais para alterar esse triste cenário e, assim, haverá uma grande evolução na consciência ambiental, o qual, ainda, é deficitário.
Convém, portanto, a atuação do Ministério do Meio Ambiente na execução de uma força-tarefa fiscalizadora de empresas que possam degradar a hidrografia brasileira, por meio auditorias semestrais, as quais exijam das indústrias seriedade na preservação do líquido primordial, caso não, deve-se multar a empresa e, se necessário, fecha-la. Ademais, a finalidade dessa ação será a de extinguir os casos parecidos com o da Samarco e, por conseguinte, manter a manutenção de água potável à população. Em paralelo, o Ministério da Educação deve investir em educação ambiental nas escolas. Diante disso, o resguardo da vida, supracitado por Tales, será efetivado com vigor no território nacional.
Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!