O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância do ensino a distância no Brasil

Na obra “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis, Brás Cubas é o protagonista defunto que narra sua própria história, a qual diz ter sido forçado a atravessar o atlântico para estudar direito em Lisboa, e volta para o Brasil, tempos depois, por causa da debilitada saúde de sua mãe, apenas com o diploma, sem ter desenvolvido nenhum trabalho ou apreço pelas leis. Analogamente ao que se passa na obra que inaugura o realismo no Brasil, hodiernamente, milhares de estudantes já optam pelo ensino à distância, minimizando, assim, as dificuldades de acesso e de mobilidade de muitas regiões do país.


Em primeira instância, é importante destacar que o advento das tecnologias que possibilitaram a comunicação de regiões distantes se deu, sobretudo, no período da 3° revolução industrial, em que o avanço da eletrônica e dos sistemas informacionais foram essenciais para a comunicação por meio de sinais eletromagnéticos.


Já no século XXI, de acordo com o MEC, desde 2003, o número de alunos inscritos no ensino EAD cresceu em mais de vinte vezes. Esse dado evidencia, claramente, a alta demanda de estudantes brasileiros por esse mercado em ascensão e os benefícios que pode trazer aos deploráveis índices educacionais das últimas décadas. Todavia, inúmeras zonas remotas sofrem com a ausência de infraestruturas de qualidade, como computadores, redes de internet ou até mesmo energia elétrica, impossibilitando qualquer tipo de educação de qualidade básica e aumentando a desigualdade já existente no ensino. Ademais, diversos cursos da modalidade EAD encontram dificuldades de burocracia de legitimação, porque apenas aqueles certificados pelo MEC têm garantia de validade no mercado de trabalho.


Por tudo isso, para que seja possível prover melhorias no ensino à distância no Brasil, se faz necessário que o Ministério da Educação crie pacotes de investimentos em projetos de tecnologia e em políticas de descentralização de polos da educação à distância, ampliando sistemas eficazes que já são implantados em universidades federais aos demais ciclos escolares. Dessa forma, pois, será possível a democratização do acesso ao ensino de qualidade e uma realidade diferente da apresentada em “Memórias Póstumas”.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!