O CUPOM VOUPASSAR35 É VÁLIDO POR: dias horas minutos segundos

A importância do ensino a distância no Brasil

    Muito tem se discutido acerca da tecnologização da esfera educacional no país, porém essa forma de ensino não é característica do século XXI, visto que a educação a distância no Brasil apareceu nos anos sessenta - nos quais as aulas eram transmitidas por rádios com o auxílio de um material impresso. Entretanto, apesar desse método de aprendizado permitir a democratização da formação acadêmica e a redução do tempo de deslocamento de alunos para os cursos presenciais, por exemplo, sua expansão torna-se um desafio diante do mercado profissional excludente e da segregação espacial presentes. Desse modo, é de suma importância analisar o papel desse recurso na sociedade brasileira e seus principais obstáculos.


       Em primeiro lugar, é interessante destacar a relevância do diploma para o mercado profissional, uma vez que um indivíduo é considerado capacitado, em uma determinada profissão, ao possuir uma formação acadêmica prestigiada - principalmente em universidades de grande mérito. Portanto, nota-se um preconceito com a educação a distância, na qual os alunos que a praticam são vistos como indisciplinados e com baixa qualificação curricular. Assim, o ingresso de recém-formados nas grandes empresas, por exemplo, torna-se cada vez mais complexo, pois os níveis de exigência crescem cada vez mais.


       Em segundo lugar, é extremamente marcante a segregação socioespacial no Brasil, em que a pobreza tem atingido altos números. Na pandemia do Covid-19, o ensino a distância tornou-se a única possibilidade de manter o aprendizado durante o isolamento social - sendo uma medida eficaz, porém excludente. E, apesar do notável interesse da população por esse recurso, o seu acesso é privilegiado - onde as regiões periféricas e subdesenvolvidas não possuem eletrônicos nem internet. Sob tal viés, a exclusão da minoria favelizada revela que na sociedade brasileira, a implementação desse método de educação contribui para o aumento das desigualdes socioeconômicas.


      Por último, é inegável os desafios do ensino a distância no Brasil e sua importância na formação acadêmica. Portanto, o MEC, por meio de palestras, deve conscientizar as empresas de que esse método de aprendizagem é tão eficaz quanto as prestigiadas universidades, a fim de providenciar aos alunos um amplo mercado de trabalho. Isso pode ocorrer com a criação de programas de oferta de emprego, como o Jovem Aprendiz, e com a disponibilização de estágios experimentais em determinadas profissões.

Ver todas as redações Corrija suas redações com a nossa plataforma! Clique aqui!